Foto: Pexels/Karolina Grabowska
Dra. Paula Ferreira

Halloween com Pets

Contabilidade
Sending
User Review
0 (0 votes)

A festividade do Halloween, também chamado de Dia das Bruxas ou Dia do Saci, nunca foi motivo de grandes celebrações para nós, brasileiros, enquanto no Brasil. Mas agora acostumados a cultura dos Estados Unidos, celebramos a data avidamente!

Adultos e crianças podem ser entusiastas do Halloween e alguns gostam de levar as atividades ao extremo. Fantasias assustadoras (ou não), decorações, música, expedições noturnas e, acima de tudo, guloseimas, garantem diversão para todos. É realmente uma ocasião bonita, que ainda por cima promove a confraternização entre vizinhos.

Mas assim como nem todos são amantes dessa festa, nossos bichinhos também podem não ser. Existem diversos tipos de personalidades humanas, e o mesmo pode ser atribuído aos nossos amigos peludos, emplumados, escamosos, etc.

Imaginem a seguinte situação: você está em casa seguindo a sua rotina diária tranquilamente; você se sente seguro e confortável, tudo a sua volta é familiar. A sua casa, é seu território sagrado, você o defende com unhas e dentes, literalmente. Muitos animais domésticos são calmos e sociáveis, outros não. Para esses últimos, a simples ameaça de “invasão” desencadeia estresse e medo, e o bichinho pode tentar escapar pela porta aberta. A solução para este problema é simples: basta providenciar um quarto em lugar calmo e isolado, feche a porta e deixe o seu amiguinho tranquilo até que tudo passe. Se você não tiver um quarto disponível, uma jaulinha, um cercado ou um “baby gate” podem servir. Para os animais que são nervosos ao extremo, converse com o veterinário dele, pois existem medicações que podem ajudá-lo a navegar essa noite tão assustadora.

Cuidado com as comidas! Animais são curiosos, e principalmente os cachorros são muito atraídos a sabores doces, ao contrário dos gatos, mas existem exceções. A ingestão de doces e prendas de Halloween pode ocasionar uma inesperada visita a sala de emergência. Se o cachorro comer uma certa quantidade de chocolate, além do distúrbio gastrointestinal, ele pode sofrer uma seria intoxicação. Substâncias adoçadas com xilitol também podem causar serias intoxicações até mesmo com risco de vida. Mantenha todos os doces e brinquedos com peças pequenas fora do alcance dos seus bichinhos.

Cuidados também tem que ser tomados quando o dono fantasia os pets. Sempre se dever checar se não há partes da fantasia que podem ser arrancadas ou ingeridas. O material das fantasias deve ser confortável e sem elásticos apertados. Pessoas fantasiadas também podem causar medo aos animais, portanto nunca imponha ao seu animalzinho a interagir com uma pessoa fantasiada se ele demonstrar receio. Um pet amedrontado pode tentar fugir ou até mesmo morder.

Se você quer levar o seu companheiro de porta em porta em busca de diversão e guloseimas, certifique-se de que o bichinho também está se divertindo e não o force se ele não se sentir à vontade. Se ele estiver curtindo a ocasião, leve-o nessa aventura, mas não se esqueça de verificar que o colar esteja bem colocado. Se puder, use um colar refletivo para que ele fique bem visível no escuro. Não o solte da coleira, mesmo se ele for bem treinado. Barulhos assustadores podem causar pânico e fazer com que eles fujam.

O Halloween pode ser uma festa muito divertida, e, com simples precauções, humanos e pets podem celebrar sem medo! Lembre-se de contatar o seu veterinário de confiança se quiser obter informações adicionais para festejar o Halloween com o seu amigo de maneira segura.

Comente

Clique aqui para comentar

Advertisement

Agenda de Eventos Acontece

Taxa de câmbio

Taxas de câmbio USD: sex, 3 fev.

Advertisement