Design District. Foto: GMCVB
Decor Myrna Porcaro

Design a céu aberto

Por Myrna Porcaro é Interior Designer na Flórida onde assina diversos projetos residenciais. Para conhecer mais seu trabalho, visite o site myrnaporcaro.com ou Instagram @myrnagondimporcaro
Sending
User Review
0 (0 votes)

Estamos em maio, mês lindo onde a primavera e suas cores nos encantam por toda parte. Recentemente aprendemos a privilegiar a vida ao ar livre, em todas as suas possibilidades. A nos reunir nos terraços, jardins e parques, acreditamos que essa mudança de hábito é definitiva. Com o auxílio da Arquitetura, Design, Paisagismo e das Artes nossos espaços externos podem ficar ainda mais belos e agradáveis.

Temos a sorte de viver na Flórida onde a vida do lado externo é quase sempre possível, Miami recentemente foi eleita como o principal destino de americanos em migração. E, também foi reconhecida como a mais agradável cidade para se viver. Um dos principais destinos para todo o mundo. Nossa cidade oferece inúmeras opções para curtir momentos deliciosos ao ar livre com a família e os amigos.

Hoje selecionamos algumas dessas regiões e que tem em comum o fato de terem sido geradas e preparadas através da Arquitetura, Design, Paisagismo e seu íntimo relacionamento com as Artes.

Design District

Durante os anos 80 e 90, o Miami Design District era um bairro repleto de depósitos destruídos e prédios abandonados, mas o agente imobiliário Craig Robins viu no espaço uma oportunidade de adquirir diversas propriedades para oferecer a nomes importantes do design, como Alison Spear, Holly Hunt e Peter Page.

Design District. Foto: Myrna Porcaro

Em 2011, a francesa Louis Vuitton quebrou as regras e anunciou a transferência de sua loja no refinado Bal Harbour Shops para o Design District. Outros nomes de luxo como Armani, Marc Jacobs, Audemars Piguet e Versace seguiram a marca.

Mas há mais coisas no Design District além da moda. O lugar pouco a pouco se torna o novo centro cultural de Miami. Diversas galerias de artes, entre elas Locust Projects e Swampspace, ficam por lá e mais uma dúzia de artistas estão expostos nas ruas. Grandes praças, jardins e passagens de pedestres permeiam a região com forte arborização, e jardins, equipamentos de lazer para todas as idades e gostos e agradáveis cafés e restaurantes a céu aberto.

Wynood

Wynwood é um bairro de Miami que transpira arte! A região, que antigamente era abandonada, hoje abriga galerias de arte, museus, ateliês e teatros, mas o que mais chama atenção é que não é preciso entrar em nenhum lugar para admirar um trabalho artístico. Diversas paredes de Wynwood são pintadas por artistas diferentes, cada um de uma parte do mundo. As paredes são como um verdadeiro museu ao ar livre, cada parede com um trabalho diferente, um estilo diferente.

Wynwood. Foto: GMCVB

Um local que você não deve deixar de visitar em Wynwood é o Wynwood Walls, que, assim como o bairro, abriga diversos painéis grafitados. É muito interessante e ótimo para tirar fotos.

Antes da pandemia tínhamos a Art Walk nas ruas do bairro todo segundo sábado do mês. Evento obrigatório para amantes das artes, turistas e famílias. As ruas ficavam repletas, todas as galerias e lojas recebendo com drinks e comidinhas além de reuniões de food trucks. Por enquanto esse movimento está cancelado mas o bairro continua sendo um lugar cheio de encantos para passeios durante o dia.

Pérez Art Museum

O visitante que chega ao complexo do Museum Park, imensa área verde em Downtown Miami, certamente se encanta com o audacioso edifício que abriga o Pérez Art Museum. O museu, que é um dos mais visitados de Miami, tem extenso acervo de arte moderna e contemporânea, impressionantes jardins verticais suspensos, vista deslumbrante para a baía e arquitetura de vanguarda que leva a assinatura da dupla de arquitetos suíços Herzog & de Meuron (criadores de algumas das mais impressionantes obras da arquitetura da atualidade).

PAMM. Foto: GMCVB

O Pérez Art Museum, foi inaugurado em dezembro de 2013 pelas mãos do magnata Jorge M. Pérez para abrigar especialmente obras-de-arte de artistas latino-americanos, além da coleção pessoal de Pérez. O imenso projeto de 18.581 m² de construção tem imensos blocos de concreto e madeira, se integrando como uma luva ao exuberante jardim que se abre para a Baía de Biscayne. A estética da imponente construção é bastante agradável, com vistas expansivas e muita luz natural.

Natureza ao redor. Aprecie a parte exterior do museu, com sua imensa varanda e escadaria (que se transforma numa deliciosa arquibancada com vista para o mar e o Porto de Miami). Cadeiras de design em forma de balanço são um convite para uma boa pausa após um café.

PAMM. Foto: GMCVB

Um dos grandes destaques da obra de Herzog & de Meuron fica por conta dos lindos jardins suspensos verticais pendurados do teto do museu. São formados por grandes colunas verdes que bombeiam água da chuva. Nos três pavimentos do Pérez Art Museum há sempre várias exposições em cartaz, cujo calendário você pode ver aqui.

Já estivemos nessa deslumbrante área externa em grandes e médios eventos como festas de Réveillon, e coquetéis da Art Basel. É um espaço lindo, ideal para fotos também.

Brickell City Centre

É impossível chegar no bairro de Brickell, centro financeiro de Miami, sem notar o novo e ousado Brickell City Centre. O complexo de U$ 1 bilhão, construído de forma sustentável, abriga duas torres residenciais, uma torre de hotel e um shopping sofisticado. Mesmo se a intenção não é fazer compras, o passeio pelo Brickell City Centre vale a pena. Você pode almoçar, tomar um cafezinho ou apenas apreciar sua moderna arquitetura.

Brickell City Center. Fotos: GMCVB

O destaque é a cobertura arrojada, chamada de Climate Ribbon. Esta estrutura aérea feita de aço e vidro aproveita as correntes de ar vindas do oceano para refrescar o shopping, dispensando o uso de ar condicionado. A estrutura armazena também água da chuva para reutilização. E o mais impressionante, ela conecta os 3 quarteirões da construção!

A maioria das lojas do Brickell City Centre é de marcas de luxo, marcas tradicionais americanas, restaurantes muito bons para todos os bolsos e muitos com varandas.

Brickell City Center. Fotos: GMCVB

E, no 40º andar, está o disputadíssimo bar Sugar que tem vista privilegiada da região da Brickell e bons drinques. É preciso reservar com antecedência se você quiser uma mesa.

South Pointe Park

South Pointe Park é um belo espaço verde na ponta sul de Miami Beach. Oferece vistas panorâmicas deslumbrantes da costa de South Beach, dos navios de cruzeiro do Port of Miami, do horizonte de Downtown Miami e da Fisher Island. O parque tem acesso direto à praia, além de trilhas para caminhada, áreas para piquenique e churrasqueiras, bancos, um café e um parque de cascas sem coleira. Há também um mini playground aquático perfeito para se refrescar em um dia quente, juntamente com um trepa-trepa e paisagismo exuberante. E o melhor ainda, a churrascaria Smith & Wollensky está localizada no parque, com deliciosas opções de jantar e para viagem.

South Point Park. Foto: GMCVB

Sente-se e leia um livro enquanto relaxa em um dos bancos do parque ou descanse seus olhos sob as muitas palmeiras sombreadas. Para vistas dignas de fotos, dê um passeio ao longo do calçadão de 6 metros de largura e veja a Fisher Island do outro lado da água enquanto os iates passam, depois continue até o South Pointe Pier. A mini zona de respingos ativada por movimento para crianças, com canhões de água, está localizada nas áreas de piquenique e churrasqueira. Existem vários caminhos sinuosos para percorrer se quiser correr, andar de bicicleta, andar de patins ou andar de skate. Lembre-se de que bicicletas, patins e skates não são permitidos na grama. Leve seu cachorro para o parque de latidos no lado oeste do Parque South Pointe para se divertir sem coleira (amigos de quatro patas devem estar colados em todas as outras áreas do parque).

South Point Park. Foto: GMCVB

O cais de 450 pés é um ponto de encontro popular para visitantes e habitantes locais para pescar e observar caiaques, surfistas e jet skiers. Possui estações de observação, iluminação à prova de tartarugas, latas de reciclagem para linhas de pesca e locais para cortar iscas e lavar peixes recém-pescados. Desfrute de bons momentos com os pés na areia. A praia do parque tem torres de salva-vidas coloridas e aluguel de guarda-sóis e cadeiras de praia. Este é um local popular para surfar, jogar vôlei e paddle board. Animais de estimação não são permitidos na praia. Banheiros, chuveiros ao ar livre e o Café South Pointe estão localizados perto do splash pad para crianças. Tudo com muito planejamento, paisagismo e design de alta qualidade.

South Point Park. Foto: GMCVB
You cannot copy content of this page
X