Destaques Economia News

Você conhece a história da Black Friday?

A famosa Black Friday é o dia que dá início a temporada de compras natalinas. Um dia depois do Thanksgiving, a data é marcada por preços baixíssimos e promoções que atraem consumidores ao redor do globo. 

A Black Friday nasceu nos Estados Unidos, no estado da Filadélfia. A princípio, o termo se estendeu por muitos anos sendo restrito à festividade local, até que no final da década de 1990, conquistou todo o país. 

À medida que a Black Friday crescia nos EUA, os lojistas canadenses morriam de inveja do sucesso das vendas americanas. Inclusive, os clientes do Canadá viajam para os Estados Unidos com o objetivo de participar dos delírios promocionais do final de semana de novembro, abandonando as compras em seu próprio país. Logo a festividade conquistou os países vizinhos, como Canadá e México, que não perderam a oportunidade de lucrar – e claro, os clientes não perderam a oportunidade de economizar.

Percebendo o potencial mercadológico da data, países em todo o mundo (incluindo o Brasil) aderiram a Black Friday, mesmo que não comemorassem o feriado de Ação de Graças. 

A história que aponta que o termo Black Friday surgiu durante o comércio de venda de escravos nos Estados Unidos é falsa. Trata-se de uma lenda urbana que usa dados insustentáveis, fotos falsas e circula já há algum tempo na internet.

O termo “Black Friday” foi usado pela primeira vez como referência a uma queda na bolsa de Nova York, em 1869, e o governo americano precisou intervir na economia, elevando a oferta. Dessa forma, os preços do ouro caíram muito, e diversos investidores foram à falência.