Se puder, faça um exercício do lado de fora. Se não puder, faça em casa mesmo
Vida e Saúde

Saúde Mental e Covid-19

Sending
User Review
0 (0 votes)

Por Dr. Ana Gouvea

Ansiedade. Medo. Vulnerabilidade. Tristeza. Impotência. Desespero. Cansaço. Depressão. É isso o que eu ouço no meu consultório (online) no momento. O Covid-19 tirou todo mundo do eixo e o mundo inteiro está tentando se reajustar a essa nova realidade. Mas como lidar com todas essas emoções geradas pelo Covid-19?

A primeira coisa é não se deixar levar pelos pensamentos ansiosos e de preocupação. A ansiedade é a nossa mente no futuro com pensamentos negativos e catastróficos: será que vou perder o meu emprego? Como vou sair dessa? O mundo nunca mais vai ser o mesmo. Vou morrer. Meus pais vão morrer. Não vou conseguir refazer o meu negócio. Não tem saída.

Para reinforçar nossos pensamentos negativos e catastróficos, quase todas as notícias são sobre o vírus e em geral todas negativas. Mas como controlar a ansiedade relacionada ao Covid-19? Trazendo a mente para o momento presente! Quando notarmos que a nossa mente está no futuro catastrófico cheio de preocupações, incertezas e medos, trazer a mente para o momento presente. O único momento que temos controle é o momento presente. Tentar controlar o futuro é tentar controlar o incontrolável.

Como fazer isso? Usar técnicas de respiração é uma opção. Respirar prestando atenção no processo da respiração. Inspirar e pensar eu sei que eu estou inspirando. Expirar e pensar eu sei que estou expirando. Existem várias técnicas de respiração e meditação que ajudam a focar no momento presente. Se nos ancoramos no momento presente, a ansiedade melhora e os medos ficam menos ameaçadores.

Outro aspecto muito importante durante o Covid-19 é se cuidar (self-care). Manter uma rotina saudável. Não ficar de pijama o dia todo. Tentar manter horários para as atividades. Organizar o seu dia. Se puder, faça um exercício do lado de fora. Se não puder, faça em casa mesmo. Se cuidar é ter auto-compaixão. E auto-compaixão é fundamental nesse momento aonde nos sentimos mais vulneráveis. Quando nos sentimos vulneráveis muitas vezes nos sentimos impotentes com a situação pela qual estamos passando. O Covid-19 é um ótimo exemplo disso.
Precisamos de auto-compaixão e de compaixão. Compaixão com quem perdeu um ente querido, com quem perdeu o emprego, com quem está doente, com os médicos, enfermeiras, e todos que estão trabalhando para que possamos manter um mínimo de normalidade: o lixeiro, o segurança, a caixa do supermercado, o carteiro etc etc. A nossa compaixāo pode ser expressa de várias maneiras: com um pensamento positivo, um ato de solidariedade, um “muito obrigado”, um sorriso. Quando praticamos auto-compaixão e compaixão nos lembramos da nossa interdependência. Estamos todos conectados. E o Covid-19 nos obriga a lembrar e a contemplar essa conexão.

Se conseguimos controlar a ansiedade e outras emoções negativas, temos energia para confiar na nossa força interior e na nossa resiliência para lidar com as adversidades. Então para controlar as emoções negativas relacionadas ao Covid-19, vamos usar a nossa respiração como uma âncora no momento presente. Quando conseguimos focar no momento presente com auto-compaixão entendemos que podemos lidar com os nossos problemas. Podemos usar a nossar criatividade e até achar aspectos positivos dentro dessa crise e nos reinventarmos. Muita paz e esperança para todos. Esse momento também vai passar!

Advertisement

Agenda de Eventos Acontece

Taxa de câmbio

Taxas de câmbio USD: qui, 29 fev.

Advertisement

Advertisement

Categorias

You cannot copy content of this page