Mila Burns e Dennis
Programe-se

Na noite deste sábado, ‘Globo Notícia Américas’ traz entrevista com Dennis sobre a sua participação no BR Day New York

Sending
User Review
0 (0 votes)

Também em destaque nesta edição, telejornal mostra que a pouco mais de duas semanas das eleições no Brasil, número de eleitores no exterior bate recorde

O ‘Globo Notícia Américas’ estreia em novo dia e horário a partir deste sábado, dia 22, passando a ser exibido às 20h10 (horário de Nova York), logo após ‘Orgulho e Paixão’. E nesta primeira edição, Mila Burns conversa com o músico e produtor Dennis, que no dia 2 de setembro sacudiu Nova York com a estreia do funk nacional no palco do BR Day.  

Um dos precursores do ritmo, que nasceu nos Estados Unidos e ganhou um novo suingue na periferia carioca, Dennis comenta sobre as mudanças no cenário musical desde que começou a tocar como DJ em festas do subúrbio carioca, há 20 anos. Segundo o artista, o ritmo vem ganhando cada vez mais espaço Brasil afora e promete alcançar de vez o mercado internacional. “O funk brasileiro tem grandes condições de conquistar o mundo, por causa da sua batida. Eu vejo grandes artistas como Rihanna e Beyonce cantando funk no futuro”, aposta Dennis.  As parcerias musicais e a mistura de ritmos em seus bailes, que incluem Axé, sertanejo, pop e forró também embalam a conversa com Mila.

Outro destaque na edição deste sábado são as eleições brasileiras. A pouco mais de duas semanas das eleições no Brasil, o eleitorado da comunidade brasileira que vive no exterior nunca foi tão grande.  Do Brasil, o repórter Heitor Lannes destaca os números do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que mostram que mais de 500 mil brasileiros estão aptos a votar fora do país. Segundo informações divulgadas pelo TSE, houve um aumento de 40% em relação às eleições de 2014.  Os Estados Unidos concentram o maior eleitorado, seguidos do Japão e Portugal. E entre os estados americanos, os maiores colégios eleitorais estão em Boston e Miami. O jornalista ressalta ainda que os brasileiros que vivem no exterior votam apenas para presidente e que os eleitores com idades entre 18 e 70 anos, que não compareceram às urnas, precisarão justificar. O prazo para recadastramento no exterior já foi encerrado.

Crédito: Globo/ Rogéria Vianna

Advertisement

Agenda de Eventos Acontece

Taxa de câmbio

Taxas de câmbio USD: qua, 28 fev.

Advertisement

Advertisement

Categorias

You cannot copy content of this page