Imagem: Pexels/Rodnae Productions.
Business Paola Tucunduva

Mulheres no mercado de trabalho

Paola Tucunduva é coach de empreendedorismo com 28 anos de experiência. Contatos: paolatucunduva.com.br paola@tucunduva.com.br
Sending
User Review
0 (0 votes)

Vamos falar sobre mulheres ocupando espaço no mercado de trabalho, o que não é uma novidade. Não é de hoje que o papel de dona de casa já não é a única opção – mas a luta por reconhecimento e bom posicionamento no mundo dos negócios ainda é uma realidade feminina.

Cada vez mais mulheres demonstram vontade de empreender, assumir cargos de liderança e ocupar lugares que, por muito tempo, foram considerados “masculinos”.

Assim, ser uma mulher empoderada é ser uma mulher que reconhece o seu papel e a sua importância na sociedade e na vida de outras pessoas. É respeitar as outras mulheres, independente do estilo de vida que elas levam. É encorajá-las, apoiá-las e ajudá-las a descobrirem o seu poder como mulher.

Ser uma mulher empoderada é tomar suas próprias decisões respeitando suas vontades. É colocar-se no lugar de outra mulher e não julgá-la, praticando a sororidade. Durante o processo de empoderamento, a mulher aprende a respeitar as diferenças físicas, culturais, raciais e sociais de forma que valoriza cada mulher e aprende a entender a representatividade de cada uma.

O empoderamento feminino diz respeito a incentivar cada mulher a encontrar dentro de si o seu poder. É reconhecer e fortalecer o papel individual das mulheres na sociedade. Embora as mulheres estejam se tornando cada vez mais visíveis como líderes e empreendedoras bem-sucedidas, ainda há desafios significativos que precisam ser superados para garantir que elas tenham igualdade de oportunidades e recursos.

As mulheres empreendedoras têm o potencial de mudar o mundo, não apenas em termos de lucros, mas também de inovação e impacto social. No entanto, as mulheres enfrentam muitos obstáculos que impedem o seu sucesso empreendedor, incluindo falta de acesso a financiamento, discriminação de gênero, falta de apoio e redes de networking, e a falta de acesso a recursos e treinamento.

Para superar estes obstáculos e permitir que as mulheres tenham igualdade de oportunidades, é importante que sejam investidos em iniciativas que promovam o empoderamento feminino no empreendedorismo. Estas iniciativas incluem:

  1. Acesso a financiamento: Muitas vezes, as mulheres têm dificuldade em obter financiamento para seus negócios, para superar isso, é importante que sejam criados fundos de investimento específicos para empreendedoras, além de programas de treinamento e mentorias que ajudem as mulheres a preparar seus negócios para o financiamento.
  2. Redes de networking: As mulheres empreendedoras precisam de apoio e conexões para ajudá-las a desenvolver seus negócios e crescer. É importante que sejam criadas redes de networking para mulheres empreendedoras, incluindo grupos online e eventos presenciais, que possibilitem a troca de experiências e informações.
  3. Acesso a recursos e treinamento: As mulheres precisam de acesso a recursos e treinamento para se tornarem líderes e empreendedoras bem-sucedidas. É importante que programas de treinamento e mentoria específicos para mulheres abordem questões relevantes para o sucesso empreendedor, como gestão financeira, marketing e planejamento estratégico.

Dessa maneira, o empoderamento, ao ser colocado em prática, contribui para o aumento da autoestima feminina e para uma vida melhor entre as mulheres.

Criar um ambiente que proporcione as mesmas oportunidades de crescimento profissional para homens e mulheres é o que é definido pela ONU como empoderamento feminino. A ideia é que se torne cada vez mais natural ver líderes mulheres, tanto em empresas quanto na política.

O empoderamento feminino é bom para as mulheres, que criam suas histórias com independência e confiança; e para o mercado de trabalho, que cresce com o incentivo de um cenário diverso e mão de obra qualificada.

Pensando em uma sociedade mais igualitária que gere frutos positivos na economia, na política e no dia a dia das pessoas, a ONU, Organização das Nações Unidas, criou os Princípios do Empoderamento Feminino.

  1. Liderança: busca estabelecer liderança corporativa sensível à igualdade de gênero no mais alto nível.
  2. Igualdade de oportunidade, inclusão e não discriminação: incentiva o tratamento igualitário entre os gêneros.
  3. Saúde, segurança e fim da violência: ele visa garantir a segurança e o bem-estar dos homens e mulheres no mercado de trabalho.
  4. Educação e Formação: deve-se promover a educação e a capacitação profissional para as mulheres.
  5. Desenvolvimento empresarial e prática das cadeias de fornecedores: apoiar o empreendedorismo feminino através da escolha dos fornecedores.
  6. Liderança Comunitária e Engajamento: promover políticas voltadas à comunidade e ao ativismo social a fim de promover a igualdade de gêneros.
  7. Acompanhamento, medição e resultado: incentiva as empresas e organizações a gerar relatórios sobre os progressos em busca da igualdade de gênero.

Mulheres poderosas também empoderam o ambiente em que vivem, crescem e trabalham, criando um mundo melhor e cada vez mais igualitário!

Advertisement

Agenda de Eventos Acontece

Taxa de câmbio

Taxas de câmbio USD: qua, 17 abr.

Advertisement

Advertisement

Categorias

plugins premium WordPress

You cannot copy content of this page