Wal Reis

Lágrimas, essas preciosas e necessárias – Wal Reis

Contabilidade
Sending
User Review
0 (0 votes)

*Wal Reis

Quem diz que chorar não resolve não sabe do que está falando. Chorar sempre resolve, mesmo quando não reverte situações pelas quais as lágrimas são derramadas. Chorar é uma necessidade do corpo, seja para expressar dor, demonstrar que determinada situação tocou profundamente ou até para derramar alegria pelos olhos. 

Mas desde crianças somos condicionados a não chorar e crescemos repetindo o “não chora”, como um mantra imperativo e sem fundamento. Por que não chorar? Quem somos nós para determinar que alguém, que está precisando desanuviar a alma, não pode chorar? 

Quando choramos revelamos um pouco do nosso avesso. Um lado que não fotografa muito bem: o rosto transfigura, a voz muda e o nariz escorre. Ninguém fica muito bonito chorando e boa parte das pessoas – mesmo as próximas – prefere enxergar só a máscara, ficando

na superfície, sem ter que arcar com as lágrimas dos outros, fingindo não notar o olho inchado e a fala incerta, repetindo mentirosamente que está tudo bem. E se eximem de responsabilidade de amparar, sob a capa do respeito à privacidade. 

Saem e fecham a porta, deixando a agonia se multiplicar no quarto escuro da solidão. Poucos querem ficar só quando estão tristes. A gente quer quem chegue do jeito certo, com a palavra certa ou até sem palavra, oferecendo os ouvidos e um abraço. 

Sim, dá trabalho cuidar de quem chora: exige se despir da própria pele e vestir a dor do outro para ganhar a capacidade de sentir antes de julgar, de calar frases prontas e vazias e ouvir mil versões da mesma história, com a caixinha de lenços à mão e o coração aberto, ciente de que aquela vivência poderia ser a sua, uma vez que não estamos livres de tempos inundados por lágrimas. 

Enxugar lágrimas pode ser como enxugar gelo, tarefa inesgotável porque o que dói na gente, às vezes, custa a estancar. Mas é mesmo importante transbordar todas porque, à medida que elas saem, vão levando as tristezas para fora, fazendo faxina interna e deixando a casa arrumada para receber as próximas emoções.

*Wal Reis é jornalista, profissional de comunicação corporativa e escreve sobre comportamento e coisas da vida. Blog: walreisemoutraspalavras.com.br

Foto:  Myriams-Fotos (Pixbay)

Advertisement

Agenda de Eventos Acontece

Taxa de câmbio

Taxas de câmbio USD: qua, 17 abr.

Advertisement

Advertisement

Categorias

plugins premium WordPress

You cannot copy content of this page