Drauzio Varella estreia o novo quadro ‘Qual é a Diferença?’
Programe-se

Drauzio Varella e Breno Viola estreiam série ‘Qual é a Diferença?’

Sending
User Review
0 (0 votes)

Existem diferenças. Quais são e como lidar com elas? O médico Drauzio Varella volta ao Fantástico com uma nova série, ao mesmo tempo informativa e emocionante, que vai fazer o público refletir. “Qual é a Diferença?” mostra as conquistas e desafios das pessoas com Síndrome de Down. São cinco episódios que percorrem da infância à velhice, abordando temas como saúde, convívio, educação, trabalho, sexualidade e relacionamentos. E nesta série, Drauzio volta acompanhado: o médico divide a apresentação com o ator e judoca Breno Viola. Breno, 34 anos, tem Síndrome de Down, atuou no filme “Colegas” e é ativista da ONG Movimento Down. Ele traz o ponto de vista de quem lida com as limitações da síndrome, mas ao mesmo tempo mostra que é possível ter uma vida plena, produtiva e feliz.
“Nos últimos anos, com os avanços da medicina e de técnicas de estímulo intelectual, houve uma grande transformação no que é viver com a Síndrome de Down. Isso começa a ser desvendado agora. No passado, eles ficavam trancados em casa e viviam até no máximo 30 anos, com muitos problemas de saúde. Hoje você vê pessoa com Down chegando aos 60 e poucos anos. E, com isso, aumentou o interesse em entender esse universo. A tendência é você considerar todas essas pessoas inaptas e pensar que não vão se inserir nunca, que não há lugar para elas. Mas essas limitações existem para todos nós, não é? Se me puserem em um laboratório de física quântica, eu vou me atrapalhar. O ponto fundamental é a aceitação das diferenças, isso que a série vai trazer”, conta Drauzio, que, durante as entrevistas para a série feitas ao longo do ano, percebeu que a inserção de pessoas com Down na vida cotidiana é um fato novo. Há 10 anos, por exemplo, eles estavam menos presentes no mercado de trabalho.
E para mostrar ao público como vive uma pessoa com Down, suas dificuldades, conquistas e desafios, Breno Viola fala sobre o trabalho na TV. “Estou muito feliz em participar deste quadro. Nunca tive a experiência de repórter e, para mim, foi um grande desafio. O Drauzio é fora de série, não teria ninguém melhor que ele para este trabalho. Agradeço também a toda a equipe do Fantástico”, fala Breno. Sobre a reação do público, ele espera tocar as pessoas. “A minha expectativa é que as pessoas vejam de uma forma mais simples o universo Down. Gostaria que a série ajudasse a acabar com o preconceito, a violência e a discriminação”, revela, emocionado.
Drauzio comemora a participação do Breno na série. “É a única forma de mostrarmos como as pessoas com Down vivem com suas limitações e encaram os desafios. Achei fantástico humanizar esse tema convidando o Breno para ser o apresentador comigo”. Todas as entrevistas surpreenderam o médico. “Sou a pessoa que mais aprendo neste trabalho. Me emocionei e me surpreendi muito. Não tinha uma visão tão clara quanto adquiri nesses meses. Uma sensibilidade enorme que essas pessoas têm, principalmente os personagens femininos, que são muito frágeis e delicados”, conta Drauzio, que completa 16 anos à frente de séries no ‘Fantástico’.
Enquanto uma série começa, outra chega ao fim. Em seu último episódio, os quatro mobilizadores do Criança Esperança 30 anos se encontram numa escola pública, no Rio de Janeiro, para vivenciar a rotina diária de milhares de crianças. Flávio Canto, Leandra Leal, Lázaro Ramos e Dira Paes participam de um debate sobre educação, seus modelos, oportunidades para os jovens e o esforço das instituições para tentar mudar a realidade do país.
Crédito: Globo/João Miguel

O ‘Fantástico’ vai ao ar no canal internacional da Globo no domingo, 9 de agosto, nas Américas, e dia 10, na África, Europa e Japão.

Advertisement

Agenda de Eventos Acontece

Taxa de câmbio

Taxas de câmbio USD: sáb, 13 abr.

Advertisement

Advertisement

Categorias

plugins premium WordPress

You cannot copy content of this page