Claudia Heimes
Business

Claudia Heimes – A designer que descobriu o dom de criar joias por meio da superação

Sending
User Review
0 (0 votes)

Por Connie Rocha

A carioca Claudia Heimes cresceu no bairro da lagoa Rodrigo de Freitas, no Rio de Janeiro, lugar onde também conheceu o marido, o novaiorquino Axel Heimes. Estudou arquitetura na Faculdade Metodista Bennett e, em 1990, decidiu estudar e viver em Miami. Claudia trabalhou por 22 anos como relações públicas na área de entretenimento em Miami e conquistou o seu espaço na cidade. Mas a vida da carioca mudou de repente, quando a filha, Carolina Heimes, foi diagnosticada com leucemia aos 4 anos de idade. Desse momento de dor e muito sofrimento, surgiu a grande inspiração para se tornar uma designer de joias. Com a força da superação durante o tratamento da filha, ela encontrou esse novo dom e criou a sua própria marca, Dazzle Design by Claudia Heimes, conquistando, mais uma vez, o sucesso profissional. Conheça um pouco mais da história de superação e empoderamento da empresária nesta entrevista exclusiva para a Acontece Magazine.

Antes de se tornar uma designer, você fez o seu nome em Miami pelo trabalho como relações públicas na área de entretenimento. Conte um pouco dessa longa jornada como PR.
Trabalhei por 22 anos como Relações Públicas e PR de mídia em Miami. Fiz mais de 1.500 eventos corporativos. Entre os meus clientes, estavam a Bradesco Seguros, Sony Music, diversas lojas do Bal Harbour Shops, Aventura Mall, South Beach (Armani Exchange, Vertigo, Coco Paris e mais). E também em muitos restaurantes em Miami Beach, que se tornaram referência na cidade, como Jimmy’z at the Forge e muitos outros.

Depois de tantos anos trabalhando como PR em Miami, em que momento você se descobriu uma designer de joias?
Minha maior inspiração é a minha filha, Carolina Heimes, que hoje está com 14 anos de idade. Aos 4 anos ela foi diagnosticada com leucemia. Durante os primeiros três meses, vivemos dentro do hospital. Eu estava devastada e sem chão, e foi aí, em meio a lágrimas e sofrimento, que comecei a desenhar joias. Minha filha criava pulseirinhas e colares feitas de elástico e pedrinhas de acrílico doadas pelo hospital. Passávamos dias e noites fazendo essas peças para doar para as outras crianças com câncer. Assim nasceu a Dazzle Design by Claudia Heimes. A força e o amor pela vida que a minha filha me mostrou trouxe as ideias e a inspiração para minha arte.

Como você vê o mercado de design de joias nos EUA?
Com o empoderamento feminino e o crescimento da população feminina nesses últimos anos, o mercado de joias cresceu muito. A mulher moderna pode se dar ao luxo de comprar suas próprias joias. Os maiores designers estão aqui e há mercado para os grandes e pequenos designers. Os EUA têm a cultura dos anéis de noivado, com pedras acima de 1 quilate, o que torna o país o maior consumidor de diamantes do mundo!

Quais as maiores vantagens e desvantagens em trabalhar com joias em Miami?
Miami é perfeito para o mercado de joias, mas muito competitivo. Todos querem uma fatia do bolo. Mas eu só vejo vantagens. Miami cresceu muito e é uma cidade onde todos querem ver e ser vistos. A quantidade de eventos faz a cidade borbulhar. O fato da segurança também favorece o consumo de joias.

Como iniciar um business nessa área? Qual o investimento inicial para criar uma coleção?
Não posso passar o segredo (risos), mas o sucesso do business depende de quem está por trás dele. Comecei com capital $0 e cresci pelo fato de ser muito persistente e ter ética profissional. Gosto de desenhar e criar as minhas peças. Minha força de crescer e me aperfeiçoar é infinita.

Quem são suas principais inspirações e referências na hora de criar joias?
Minha maior inspiração vem do amor que sinto pela minha filha. Esse sentimento me faz feliz e através da felicidade vejo a vida com entusiasmo e gratidão. Acordo e vejo a natureza com cores vibrantes. Isso me traz inspiração na hora de criar as joias. A cor do mar, do céu, das flores, o pôr do sol me trazem muitas ideias. Afinal de contas, a matéria-prima que uso vem toda da natureza.

Quanto tempo de estudo é necessário para se tornar uma designer?
Eu nunca estudei Design de joias. Talento e criatividade nascem com a gente. Desenho muito bem e tenho boas ideias. Aos poucos fui pesquisando e criando minhas peças. Minha empresa também representa alguns fabricantes de joias.

Como você vê o cenário atual para jovens criadores?
Jovens criadores sempre terão seu espaço, mas a determinação é um fato muito crucial nessa área. Sem determinação e paciência, não se chega a lugar nenhum.

Onde você consegue a matéria-prima para a fabricação das suas joias?
Aqui mesmo nos EUA. Tenho fornecedores locais de pedras brutas e lapidadas. Não preciso importar nada.

O que é preciso para se tornar um designer de joias de sucesso? O que é essencial para se destacar nessa profissão?
Pra se obter sucesso em qualquer área, você precisa gostar do que faz. Ter ética profissional e ser bom no que faz. Dedicação, determinação e paciência.

O que é mais desafiador em ser uma empreendedora brasileira nos EUA?
Conquistar uma clientela americana. São muito exigentes. Se você conquistou é porque chegou lá!

Que dicas você daria para uma empreendedora que está começando nessa área de design de joias?
A dica é que se você realmente ama design de joias, conquiste a sua clientela oferecendo um excelente serviço e criando peças para que elas possam suspirar. Tudo que se faz com amor, o resultado virá mesmo que leve alguns anos. Nada acontece do dia pra noite.

Foto: Cris Ulla

Advertisement

Agenda de Eventos Acontece

Taxa de câmbio

Taxas de câmbio USD: qua, 28 fev.

Advertisement

Advertisement

Categorias

You cannot copy content of this page