Business

Cinco dicas para realizar a compra sustentável de um imóvel

Sending
User Review
0 (0 votes)

Especialista traz dicas para realizar compras inteligentes, a fim de reduzir gastos desnecessários, evitar desperdício de tempo e retrocesso na transição da compra

A conquista da casa própria é um dos maiores sonhos para os brasileiros, principalmente para se libertar dos gastos com aluguel. Mas, sabemos que para esse sonho se tornar realidade, e o consumidor, enfim, conseguir realizar uma compra sustentável e segura é necessário muita pesquisa e planejamento. 

Cada vez mais as pessoas estão procurando realizar compras inteligentes, a fim de reduzir gastos desnecessários, evitar desperdício de tempo e retrocesso na transição da compra. Mas você já parou para pensar em como iniciar esse planejamento e realizar uma compra totalmente segura e sustentável? 

Por isso, para ajudar aqueles que estão se preparando para adquirir um imóvel, o especialista imobiliário e diretor comercial URBS Trend, Francisco de Paula, preparou cinco dicas de compra sustentável.

1)  Faça um planejamento detalhado

De acordo com o especialista imobiliário e diretor comercial URBS Trend, Francisco de Paula, depois de avaliar suas reais necessidades da sua família para definir o tipo do imóvel que irá atender a todos os integrantes, o passo seguinte é estabelecer a estratégia financeira inteligente. “Verifique ao certo as suas finanças e saiba o quanto está disponível para ser gasto. Também é necessário saber quais são os investimentos que a propriedade deve exigir e se você tem dívidas que podem minar as suas economias”, explicou. 

Ele lembra que, para conseguir realizar uma boa aquisição, os bancos não aprovam cadastros que tenham mais de 30% de comprometimento de renda, ou seja, gastos no cartão de crédito, parcelamento do carro, e assim por diante.  “Tenha em mente que existem, gastos inesperados, como taxas e despesas que acompanham a transação de compra e venda, entre as quais podemos destacar o Imposto de Transmissão de Bens Imobiliários (ITBI), a Escritura Pública, o Registro do Imóvel, o IPTU e, se for o caso, uma Declaração de Inexistência de Dívidas Condominiais, por isso é necessário fazer esta análise com antecedência”,

2)  Verifique toda a documentação

De acordo com o especialista imobiliário e diretor comercial URBS Trend, Francisco de Paula, um dos passos mais importantes é se dirigir ao Cartório de Registros de Imóveis do seu município para solicitar a certidão da propriedade, que aponta, por exemplo, quem é o real proprietário.

“É esse documento que você poderá checar outros dados cruciais, como a existência ou não de dívidas, penhoras ou disputas judiciais em relação ao bem. Também é essencial avaliar se há débitos em aberto, sejam eles com a prefeitura (IPTU) ou o condomínio, sendo a taxa condominial”, explicou.

“Você deve começar pelos documentos básicos de identificação, como o CPF e o RG. Caso a pessoa tenha um casamento ou união estável, é preciso garantir que o seu cônjuge ou companheiro esteja ciente da transação. Solicitei também algumas certidões negativas, em especial a de ações criminais e cíveis”, disse. 

Francisco de Paula, ainda acrescentou que é interessante verificar as informações do vendedor, para evitar empecilhos e dores de cabeça durante o processo

3)  Pesquise as opções de financiamento

De acordo com o especialista imobiliário e diretor comercial URBS Trend, Francisco de Paula, em caso de financiamento, é importante pesquisar as várias opções oferecidas pelos bancos, que hoje competem na oferta de taxas de juros competitivas, e avaliar também a possibilidade de fazer o parcelamento direto com a própria construtora.

“Lembre-se também da possibilidade de utilizar recursos do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS). O ideal também é dispor de uma reserva para aumentar a entrada e diminuir o valor da dívida a pagar”, explicou. 

4)  Registre logo a escritura em cartório

De acordo com o especialista imobiliário e diretor comercial URBS Trend, Francisco de Paula, para que o imovél seja realmente seu, a escritura deve ser levada a registro no Cartório de Registro de Imóveis da cidade. “Caso você se sinta inseguro quanto a esse trâmite, o ideal é contar com a ajuda de quem realmente entende do assunto, como uma empresa ou um corretor especializado no setor”.

5)  Conte com um profissional especialista

De acordo com o especialista imobiliário, também é preciso estar atento quanto a às nuances de mercado, uma série de detalhes para comprar um imóvel com segurança. “Diante dessa realidade, a melhor opção é contar com ajuda de um corretor de imóveis ou uma imobiliária de credibilidade para lhe dar assessoria para a melhor aquisição possível”, finalizou.

Advertisement

Agenda de Eventos Acontece

Taxa de câmbio

Taxas de câmbio USD: dom, 25 fev.

Advertisement

Advertisement

Categorias

You cannot copy content of this page