Costa Rica vence o Uruguay por 3x1 na Copa de 2014
Esporte

As grandes zebras das Copas

Sending
User Review
0 (0 votes)

Ao contrário de outros esportes, o futebol permite que uma equipe muito mais fraca, às vezes, vença uma extremamente poderosa. É o que chamamos de “zebra” e, na história das Copas, elas não são tão raras assim.

As 20 Copas do Mundo já realizadas presenciaram várias dessas zebras. Provavelmente, a maior de todas tenha sido proporcionada justamente pelos Estados Unidos, em 1950, no Brasil. Os americanos tinham um time totalmente amador e montado às pressas e, para piorar, teriam que enfrentar os fortíssimos ingleses. A expectativa é de que levassem uma goleada histórica, mas durante o jogo o goleiro americano virou uma muralha e pegou tudo, até que perto do final do primeiro tempo, Joe Gaetjens, um imigrante haitiano, chutou forte e venceu o goleiro inglês. Na etapa final, a Inglaterra lutou muito, mas não conseguiu empatar. Ao receberem o telegrama informando o placar, os jornalistas londrinos acreditaram que se tratava de um erro e que o placar real era Inglaterra 10 x 1 EUA. Já no Brasil, a torcida invadiu o campo e carregou os surpreendentes americanos, que venceram a soberba dos futebolistas ingleses.

Outra zebra histórica ocorreu na Copa de 1966, na Inglaterra. A Itália, que já tinha dois títulos mundiais e alguns dos melhores times do mundo, teria que enfrentar a desconhecida Coreia do Norte. A expectativa também era de goleada, mas em campo os norte-coreanos bateram a esquadra Azzurra por 1 x 0 e a eliminaram do Mundial, ainda na primeira fase. Quando voltaram para casa, os jogadores italianos foram surpreendidos com uma chuva de tomates podres no aeroporto, uma cortesia da torcida que não aguentou o fiasco.

Outras zebras marcantes foram Alemanha Oc. 1 x 2 Argélia, em 1982; Argentina 0 x 1 Camarões, em 1990; Bélgica 0 x 1 Arábia Saudita, em 1994; Alemanha 0 x 3 Croácia, em 1998; França 0 x 1 Senegal, em 2002; Uruguai 1 x 3 Costa Rica, em 2014 e Itália 0 x 1 Costa Rica, também em 2014.

Em 2018, as grandes potências não devem bobear diante das pequenas, ou poderão entrar para a lista das “vítimas” das zebras.

Foto: Wikemedia

Advertisement

Agenda de Eventos Acontece

Taxa de câmbio

Taxas de câmbio USD: qua, 19 jun.

Advertisement

Advertisement

Categorias

You cannot copy content of this page