Cerca de US$ 2.3 bilhões são gastos em flores, no dia de São Valentin
Geral

Valentin, o santo do amor

Sending
User Review
5 (1 vote)

Por Lineu Vitale
No dia 14 de fevereiro, em todo os Estados Unidos e em outros lugares ao redor do mundo, flores, chocolates e presentes são trocados entre apaixonados, amigos, colegas e parentes, tudo em nome de São Valentin. Mas quem é esse santo misterioso e de onde essa tradição veio?

Há várias versões sobre quem ele foi. Uma das lendas afirma que Valentin era um sacerdote que serviu durante o terceiro século em Roma. Quando o imperador Claudius II decidiu que homens solteiros resultavam em melhores soldados do que aqueles com família, ele proibiu o casamento para jovens soldados em potencial. Valentin, percebendo a injustiça do decreto, desafiou Claudius e continuou a realizar em segredo casamentos de jovens amantes. Quando suas ações foram descobertas, o imperador ordenou que ele fosse morto. O Valentine’s Day é a celebração do aniversário de sua morte. Esses antigos rituais romanos chegaram à Inglaterra vitoriana e, por tabela, à colônia.

Correndo o risco de parecer pouco romântico, como publicitário não posso deixar de comentar o outro aspecto do Valentine’s Day. A importância desse dia para um segmento específico do comércio que não se beneficia tanto das vendas em outras datas, tais como dia das mães, Natal, dia das crianças e dia dos pais. As agências de propaganda ficam bastante ocupadas nessa época, desenvolvendo campanhas de marketing criativas para seus clientes, aproveitando o sentimentalismo que a data carrega.
Com o tempo, de forma a explorar ainda mais seu potencial de vendas, o Valentine’s Day passou a ser celebrado não só mais entre os apaixonados, mas entre colegas, amigos, família, enfim, aqueles que se gostam.
A data é importante para o comércio. Cerca de 150 milhões de cartões com mensagens para o Valentine’s Day são vendidos anualmente nos Estados Unidos, segundo lugar logo após o Natal. Entretanto, pelos números do mercado, nota-se que a data continua a ser celebrada principalmente entre os namorados.

O que os românticos mais consomem nessa data?
De acordo com estatísticas do comércio, US$ 5.5 bilhões são gastos com saídas à noite, US$ 4.7 bilhões em viagens ou saídas românticas, US$ 2.3 bilhões em flores, US$ 2.4 bilhões em joias, US$ 2.1 bilhões em doces, US$ 1.6 bilhão em roupas, acessórios e artigos pessoais e US$ 790 milhões em cartões.

Em suma, goste ou não da tradição do Valentine’s Day, o comércio gosta e aproveita o potencial de receita que esse dia representa: a celebração do amor.

Advertisement

Agenda de Eventos Acontece

Taxa de câmbio

Taxas de câmbio USD: seg, 6 fev.

Advertisement