Kuala Lumpur, Malásia
News

Startup brasileira cria projeto internacional de mobilidade

Empresa é a única brasileira selecionada para apresentar solução inovadora, capaz de melhorar o transporte coletivo da capital Kuala Lampur.

Desenvolvedora de uma ferramenta de gestão de passageiros em tempo real e otimização da frota de ônibus, a empresa Milênio Bus é a única brasileira selecionada pela Toyota Mobile Foundation para criar uma solução inovadora, que seja capaz de melhorar o transporte coletivo da capital da Malásia, Kuala Lampur. 

Por meio da base já existente, que utiliza hardware, aplicativo e software integrados, aliada a outros dados do sistema público fornecidos pelo país, o objetivo é apresentar insights e inteligência para operacionalizar o negócio de forma mais eficiente e confortável na cidade, além de adequar o itinerário dos veículos.

No mundo, 16 startups seguem na etapa semifinal do programa e irão participar dessa Prova Conceito (POC), que envolve vários tipos de projetos – além do transporte coletivo, também há foco no individual e em caronas. Já para a fase final, serão aprovadas apenas cinco soluções, consideradas as mais inovadoras, disruptivas e, principalmente, com alto potencial para serem implantadas em larga escala. A divulgação dos campeões está prevista para dezembro. A competição tem verba total de até US$ 1,5 milhão.

De acordo com o cofundador da Milênio Bus, Marcel Ogando, para atingir o resultado esperado, será feito um mapeamento das principais “dores” do transporte coletivo local. Em especial, a velocidade média de ônibus muito baixa; a pessoa precisar pegar mais de um veículo para chegar ao destino; e as questões climáticas (períodos de muito frio ou muita chuva). 

“Nossa missão é fornecer a inteligência para garantir o melhor fluxo da frota, sem lotação e com mais conforto para os passageiros, e ainda estimular a utilização do transporte público, que tem baixo índice no país. Serão diversas inferências com Inteligência Artificial”, Ogando detalha. Atualmente, mais de 60% da população da Malásia se locomovem de outras maneiras que não são os coletivos.

Combate à Covid-19

No Brasil, a Milênio Bus tem realizado testes com o sistema de contagem de pessoas, em tempo real, em diversos ônibus de vários municípios. A intenção é informar ao usuário do transporte público quanto tempo falta para o ônibus chegar ao ponto e se ele está vazio, além de orientar as empresas sobre quais linhas estão mais lotadas e precisam ser niveladas.

Neste ano, em função da pandemia, a startup também realizou adequações no sistema de inteligência em mobilidade para utilização no comércio. Assim, passou a oferecer uma ferramenta para monitorar possíveis aglomerações nos estabelecimentos, como farmácias, casas lotéricas, supermercados etc. Chamada de Índice Nacional de Aglomeração Geográfica (Inag), a plataforma surgiu após pesquisa com cerca de 100 pessoas, sendo que 60% dos entrevistados disseram que tinham a preocupação de chegar a um lugar que estivesse muito cheio.