Programe-se

Profissão Repórter mostra o aumento dos incêndios em época de seca

Contabilidade
Sending
User Review
0 (0 votes)

Os meses de seca, no Brasil, representam sempre um grande risco de incêndios, seja para populações da zona rural ou para aquelas que estão nas grandes cidades. O ‘Profissão Repórter’ passa por Tocantins, Acre e São Paulo e mostra como isso afeta a população dessas regiões.
Danielle Zampollo desembarca na Ilha do Bananal, em Tocantins, para acompanhar o trabalho exaustivo de uma brigada de incêndio formada por 50 indígenas. Parte das terras ali é arrendada por criadores de gado, que têm como hábito colocar fogo no pasto.
O Acre, que foi assunto no ‘Profissão Repórter’ em 2015 por conta da cheia recorde, agora volta ao programa por conta de um dos piores períodos de seca de sua história. Em uma semana, os bombeiros combateram 275 incêndios ambientais em Rio Branco e, no mês de agosto, foram mais de mil. A repórter convidada Ana Paula Machado mostra como a nuvem de fumaça que cobre a capital afeta a população.
No caso das grandes cidades, os incêndios são comuns em áreas periféricas e com muita concentração de barracos. Em São Paulo, por exemplo, já são contabilizados mais de 100 incêndios nas favelas da capital. A repórter Mayara Teixeira chega à Favela Alba, na zona sul da cidade, no momento em que os moradores tentavam controlar as chamas.
Crédito: Globo/Divulgação
O ‘Profissão Repórter’ vai ao ar no canal internacional da Globo nesta quarta-feira, 14 de setembro, nas Américas; quinta-feira, dia 15, no Japão e Austrália; e quarta-feira, 21 de setembro, na Europa e África.

Advertisement

Agenda de Eventos Acontece

Taxa de câmbio

Taxas de câmbio USD: sáb, 18 maio.

Advertisement

Advertisement

Categorias

plugins premium WordPress

You cannot copy content of this page