Turismo

Joia do Golfo do México

Sarasota é uma pequena cidade do Golfo do México onde John e Mable Ringling, um empresário de circo e sua mulher, tiveram uma vida cultural intensa desde que compraram um terreno ali, em 1911. Ele não só criou o John and Mable Ringling Museum of Art como também os circos Ringling Brothers e Barnum & Bailey.

O Circus Museum, na mesma propriedade, tem também algumas maravilhas, incluindo um vagão do trem no qual viajavam John e Mable e os milhares de funcionários que erguiam o circo em cidades dos Estados Unidos. Há também uma maquete do circo com mais de 900 miniaturas de animais.

Em Sarasota, a natureza oferece vários prazeres além das praias, sejam eles a pesca, a observação de peixes-bois e tartarugas marinhas e as belas orquídeas e manguezais do Jardim Botânico. Sarasota é assim: um local em que você pode passar a manhã admirando a beleza da natureza e, à tarde, ir desfrutar de uma praia de areia branquinha. Há ainda muitos restaurantes e lojas na cidade e até um teatro de ópera e orquestra.

No inverno, dá para curtir momentos agradáveis como ir à Marina Jack, repleta de restaurantes e lojas ou apreciar a paisagem de Bird Key enquanto os apaixonados por música vão ouvir a banda que toca todas as tardes. Se preferir, é possível ainda admirar os iates no porto.

Lá, no restaurante Euphemia Haye, você pode se deliciar com tomate verde frito (rodelas de tomate verde empanado com molho doce de pimenta, US$ 13,50). Pode também se acabar no pato assado (US$ 38,50) recheado com farofa e coberto com um molho ácido de frutas. Entre as sobremesas, a pedida é a torta merengue de limão. Se os garçons dão a impressão de serem mais gentis que o normal, a culpa é dos donos, Raymond, que é também o chef, e D’Arcy Arpke que dão aos funcionários da casa a opção entre um bônus ou uma viagem na hora da aposentadoria.

Antes que a praia mais bonita de Sarasota, Siesta Key, fique lotada de frequentadores de todas as idades, aproveite esse trecho de areia fofa sozinho. Siesta Beach foi considerada a melhor praia dos EUA no ano passado por Stephen Leatherman, professor e diretor do Laboratório de Pesquisas Litorâneas da Florida International University (FIU). Noventa e nove por cento da areia ali é cristal de quartzo e é branca porque não precisa ser substituída pela substância escura que fica no fundo do mar.

Você não pode perder as atrações Hugh e Buffett, dois peixes-bois tranquilos de pelo menos 450 kg cada, foram criados em cativeiro, no Mote Marine Laboratory & Aquarium. Observe os dois espremerem o focinho contra o vidro ou deglutir alguns dos 75 pés de alface que a dupla recebe por dia. Ou dê uma olhada em Shelley e Montego (duas tartarugas-marinhas), nos tubarões e outras centenas de espécies. Dá para aprender bastante coisa.

Em Sarasota Bay, o Marie Selby Botanical Gardens tem centenas de tipos de orquídeas e outras plantas. Ali é possível aprender que os galhos da árvore de Neem eram usados para cuidar dos dentes, que seu extrato ajudava a curar o pé de atleta e que as folhas de uva-da-praia, planta nativa da Flórida e Américas Central e do Sul, pode ter sido usada como papel pelos primeiros espanhóis a chegar ao México. O Ritz-Carlton é o hotel mais luxuoso da cidade e inclui um beach club que organiza jantares na praia e um clube de golfe requintado. Seu bar faz sucesso entre os moradores.

Por Ana Roque

 

You cannot copy content of this page