Leticia Spiller no lançamento da supersérie ‘Os Dias Eram Assim’
Programe-se

Evento de lançamento de ‘Os Dias Eram Assim’ leva elenco de volta às décadas de 1970 e 1980

Sending
User Review
0 (0 votes)

O evento de lançamento de ‘Os Dias Eram Assim’ aconteceu nesta terça-feira, 4, no Centro Cultural Banco do Brasil, no Rio de Janeiro, e conduziu o elenco e equipe pelas décadas em que a supersérie se passa. Os convidados puderam voltar no tempo por meio da exposição montada no local e que ficará aberta ao público até o dia 17. Para uns, a oportunidade de conhecer um pouco mais do Brasil daquela época. Para outros, a chance de recordar histórias e ícones muito característicos daquele período. A exposição ocupou o hall de entrada do CCBB e ainda o cinema que fica ao lado, integrado. Logo na entrada, uma Kombi com uma grande prancha de surfe no teto trouxe a lembrança daquelas décadas, do biquíni cortininha, do estilo carioca de ser. E, para completar o clima, baleiros distribuíram as inesquecíveis guloseimas que marcaram a infância de muita gente.
Foi o início do passeio que revisitou aqueles anos assinalados pela vontade de viver, pela busca da liberdade e pelo novo. Os inesquecíveis orelhões, que marcaram a paisagem urbana das décadas de 1970 e 1980, e representam a popularização da comunicação, ganharam uma releitura inspirada nos movimentos artísticos do período. Arte por fora e música por dentro. Ao tirar o telefone do gancho, do outro lado da linha, os convidados tiveram acesso à trilha da supersérie e canções de sucesso daquelas décadas, entre elas “Divino Maravilhoso”, de Gal Costa e “Você Não Soube de Amar”, da Blitz. Ao longo do passeio, uma série de fotografias relembrou a pluralidade daqueles anos, a conquista da Copa, a buzina do Chacrinha, o surgimento do fenômeno Ayrton Senna. No “céu” da exposição, o colorido das asas-deltas iluminou o espaço com o neon dos anos 1980.
“Está tudo muito lindo, adorei! Essa festa é um convite para uma viagem àqueles tempos”, afirmou Alessandra Poggi, que assina a autoria com Angela Chaves. As autoras, que estreiam como titulares, falaram sobre a expectativa pelo primeiro projeto. “É a realização de um sonho. Estamos felizes com o que estamos produzindo e queremos dividir isso com o público”, pontuou Alessandra Poggi. “Espero que todos se emocionem e torçam por esses personagens, que representam cada um de nós”, completou Angela Chaves, antes do início da exibição do clipe da supersérie.
“Queria agradecer aos atores e à equipe. A gente está fazendo um trabalho que fala muito sobre o ser humano”, observou o diretor artístico Carlos Araújo. Ao final do clipe, Daniel de Oliveira, intérprete do vilão Vitor ficou entusiasmado: “Ver as imagens pela primeira vez nos inspira ainda mais. Saio daqui hoje mais motivado para voltar ao set”, encerra. Renato Góes, que vive seu primeiro protagonista, também comentou as imagens inéditas: “É muito emocionante ver o resultado do nosso trabalho na tela. Estou muito feliz com o que eu vi”.
Os convidados também experimentaram belisquetes que faziam referência ao período. Entre os salgados, a famosa “sacanagem”, os ovos de codorna com molho rosê, coxinha de frango no palito, salpicão de frango, empadinha, macarrão parafuso e até lasanha. Entre os doces, destaque para o olho de sogra, cajuzinho, beijinho de coco, brigadeiro de colher, mini-pudim de leite, entre outros. Para completar, os clássicos dos anos 70/80, os drinks Hi-Fi e Cuba Libre.
‘Os Dias Eram Assim’ vai mostrar a vida de pessoas comuns e seus amores afetados pelo contexto histórico do Brasil na época. E de como este momento foi capaz de interferir em vidas, sonhos e histórias de amor.
A supersérie estreia no canal internacional da Globo no dia 17 de abril, nas Américas, dia 18, no Japão e Austrália e dia 24 na Europa e África.

Sophie Charlotte no lançamento de ‘Os Dias Eram Assim’

 

Maria Casedevall no lançamento de ‘Os Dias Eram Assim’

Crédito: Globo / Raquel Cunha

Advertisement

Agenda de Eventos Acontece

Taxa de câmbio

CurrencyRate

Advertisement

You cannot copy content of this page

X
X