Imigração

EUA eliminam entrevista para certos tipos de vistos em 2024

Contabilidade
Sending
User Review
0 (0 votes)

O governo dos EUA renovou, para 2024, a regra que permite que consulados e embaixadas dispensem a realização de entrevista presencial para a emissão ou renovação de certos tipos de vistos. A regra, publicada no final de dezembro pelo Departamento de Estado americano, vale até o final do ano.

O principal objetivo da medida, que vem sendo adotada desde a pandemia, é reduzir a fila de espera nos postos consulares ao redor do mundo, em razão da crescente demanda por vistos americanos. 

Em 2024, detentores de um visto americano não imigratório, ou seja, aquele que não concede a residência permanente, poderão renová-lo sem realizar a entrevista consular, contanto que o documento não tenha vencido há mais de 48 meses. A regra se aplica, por exemplo, ao visto de turismo e negócios (B1/B2), que corresponde a mais de 90% das emissões para brasileiros.

Nos casos de solicitação de um visto novo, o estrangeiro também poderá ser dispensado da entrevista presencial caso já tenha recebido, anteriormente, um visto imigratório dos EUA que não o B1/B2 e esse visto não esteja vencido há mais de 48 meses. 

“Para quem vai tirar o visto pela primeira vez, sem nunca ter recebido uma autorização anterior, a entrevista consular é mandatória. A única exceção, de acordo com a nova regra do Departamento de Estado, é o visto H-2, destinado a trabalhadores temporários que vão para os EUA atuar na agricultura ou em áreas que tenham picos de demanda sazonal”, explica Rodrigo Costa, CEO do Viva América, empresa especializada em serviços imigratórios.

O executivo explica ainda que, para conseguir a isenção da entrevista nos casos estabelecidos na nova regra do Departamento de Estado, os candidatos devem solicitar o visto em seu país de residência e não podem ter registro de um visto negado anteriormente, a não ser que essa negativa tenha sido superada posteriormente com uma aprovação ou anulada a critério do governo americano. “Além disso, se houver qualquer outra razão aparente de inelegibilidade, a autoridade consular poderá, em ato discricionário, exigir a realização da entrevista”. 

Filas de espera no Brasil 

A fila de espera para agendar uma entrevista nos consulados e na Embaixada dos EUA no Brasil bateu sucessivos recordes em 2022 e 2023. No ano passado, por exemplo, solicitantes que tentaram tirar o visto no Consulado de São Paulo chegaram a ter de aguardar mais de 630 dias – quase dois anos – para a entrevista.

Por causa disso, a Embaixada contratou novos funcionários e passou a realizar atendimentos aos sábados. E as medidas deram certo.

De acordo com um levantamento realizado pelo Viva América, que monitora a fila de espera para o visto B1/B2, o tempo para conseguir a entrevista consular na capital paulista é de apenas oito dias atualmente, com base na última atualização da pesquisa, referente à segunda semana de janeiro. O agendamento também está mais ágil nos consulados do Rio de Janeiro (40 dias), Porto Alegre (15) e Recife (98). Na Embaixada em Brasília, são 21 dias.

Com isso, a média de espera dos cinco postos diplomáticos dos EUA que emitem o visto de turismo e negócios no Brasil é de 36,4 dias, a menor desde novembro de 2022, quando o Viva América iniciou o monitoramento. 

“Houve um esforço muito positivo por parte da Embaixada para contornar os problemas relacionados ao atendimento aos brasileiros. Esperamos que a fila continue em níveis reduzidos ao longo de 2024”, comenta Costa.

PostoDiplomáticoVisto de Turismo e NegóciosVistos deEstudanteVistos de Trabalho TemporárioVistos de Trânsito e de Tripulantes
São Paulo8 dias4 dias7 dias3 dias
Rio de Janeiro40 dias14 dias14 dias10 dias
Porto Alegre15 dias11 dias24 dias1 dia
Recife98 diasmesmo dia2 dias2 dias
Brasília21 dias2 dias2 dias2 dias

Sobre o Viva América

O Viva América é uma consultoria de imigração all-in-one que auxilia estrangeiros em sua jornada rumo aos EUA. A empresa é fundada pelos empresários Rodrigo Costa e Leda Oliveira, que também são sócios do escritório de advocacia AG Immigration. Em 2023, Costa foi eleito para a lista “Immigration Law Trailblazers”, promovida pela The National Law Journal – uma das mais tradicionais revistas jurídicas americanas. O Viva América é um hub que oferece todos os serviços para quem deseja viajar a lazer, estudar, trabalhar ou morar permanentemente nos EUA, incluindo: aplicação para todo e qualquer visto americano, internacionalização de empresas, serviços de contabilidade e tributação, recolocação profissional, revalidação de diplomas, assistência imobiliária e consultoria educacional para a matrícula de filhos em escolas e obtenção de bolsas de estudo. 

Mais informações:  www.vivaamerica.com.br

Advertisement

Agenda de Eventos Acontece

Taxa de câmbio

Taxas de câmbio USD: sex, 23 fev.

Advertisement

Advertisement

Categorias

You cannot copy content of this page