Programe-se

Crimes cometidos pela Internet é tema do ‘Profissão Repórter’

Contabilidade
Sending
User Review
0 (0 votes)

Prejuízo financeiro, violação da intimidade, ódio e intolerância. O ‘Profissão Repórter’ mostra os diferentes tipos de crimes cometidos através da internet. Em Goiás, o repórter Guilherme Belarmino acompanha uma operação para prender uma quadrilha especializada em golpes cibernéticos. Durante a ação, um dos suspeitos molha o computador com o objetivo de danificar provas e tenta esconder pendrives.
Em Salvador (BA), a repórter Mayara Teixeira registra os protestos do Grupo Gay da Bahia, que alega que uma música lançada na internet incentiva a homofobia. Também na capital baiana, Mayara entrevista o pai de santo Tata Ricardo, que faz a divulgação de mensagens e datas de cerimônias do terreiro pela rede e através do mesmo canal é atacado com ofensas.
Já em uma pequena cidade do Rio Grande do Sul, o repórter da RBS, Manoel Soares, conta a história de uma adolescente de 16 anos que se matou depois que imagens íntimas suas foram divulgadas. O jornalista localiza o rapaz que fez a divulgação das fotos. “Uma bobeira. Foi o maior erro da minha vida. Me coloco no lugar dos pais dela. Sei que isso é difícil, uma tragédia. Eu não sei o que fazer”, diz o rapaz que tinha 17 anos na época.

Crédito: Globo/ Divulgação

Advertisement

Agenda de Eventos Acontece

Taxa de câmbio

Taxas de câmbio USD: dom, 14 abr.

Advertisement

Advertisement

Categorias

plugins premium WordPress

You cannot copy content of this page