Sandra Annenberg comemora os três anos do programa
Programe-se

‘Como Será?’ celebra três anos no ar com receita para a felicidade e entrevista sobre como fazer a diferença no mundo de hoje Programa também presta homenagem ao Dia dos Pais

Contabilidade
Sending
User Review
0 (0 votes)

Brincar com a filha e dar aulas de Muay Thai para crianças são os ingredientes principais da receita de felicidade do professor de artes marciais Fred Kurebayashi. No ‘Como Será?’ a comemoração pelo aniversário de três anos do programa continua, assim como a celebração à vida e ao cultivo dos bons sentimentos – ela começou com depoimentos colhidos nas ruas sobre o tema. Com uma história inspiradora, o professor divide sua rotina com o público nesta edição do programa. Fred é o irmão mais velho de uma família de uma família que perdeu o pai há um ano. Com a filha de 10 anos, se diverte criando versões de músicas e dá aulas de Muay Thai voluntariamente para crianças de uma igreja vestido de super-herói.

Para falar sobre boas práticas e como elas podem fazer a diferença na vida das pessoas, Sandra Annenberg recebe no estúdio o psiquiatra Daniel Barros. Na entrevista especial por conta do aniversário da atração, eles conversam sobre educação, empatia e a importância de pequenos gestos para ajudar a fazer um mundo melhor.

“Apostar no compartilhamento das boas ações é o grande ponto positivo nos três anos de ‘Como Será?’. Todos curtem ver o que dá certo e se inspiram nos exemplos alheios. É disso que precisamos: contaminar todo mundo pro bem, respeitando as diferenças”, avalia Sandra, sobre os três anos do programa.

O programa também traz uma homenagem aos pais, em comemoração ao Dia dos Pais, celebrado no Brasil no domingo, dia 13. No quadro ‘Hoje é dia de…’, Alexandre Henderson conhece as trajetórias de quatro homens pelo olhar de seus filhos. O bailarino, ator e cantor Sebastian está à frente de um núcleo de dança que atende cerca de 130 crianças e jovens carentes. O cardiologista Sérgio Almeida é retratado pelo filho, Marco Antônio, com quem trabalha. Alexandre também conta as histórias do biólogo César Pegoraro, que faz um trabalho de educação ambiental com jovens, e do policial civil Amauri, um herói para os seis filhos.

O terceiro episódio da série ‘SOS SUS’ mostra como a rede pública de saúde pode ser exemplar no cuidado materno-infantil. A repórter Júlia Bandeira vai ao Hospital Sofia Feldman, em Belo Horizonte, uma referência neste tipo de atendimento, com o maior número de partos através do SUS no país. Em 2016, foram 10.800 procedimentos. Lá, ela mostra diferentes os tipos de atendimento oferecidos.

Sobre o ‘Como Será?’

O ‘Como Será?’, parceria do Jornalismo e da área de Responsabilidade Social da Globo com a Fundação Roberto Marinho, tem como objetivo compartilhar com o público experiências transformadoras, exemplos de cidadania e colaborar para a construção de um futuro melhor ao tratar de maneira integrada temas como educação, ecologia, mobilização social, trabalho e inovação. É um espaço para apresentar, conhecer e incluir pessoas e ideias, que conta com a interatividade como grande aliada.

O programa vai ao ar no canal internacional da Globo neste sábado, dia 12, nas Américas, Europa e África; e domingo, 13, no Japão e Austrália.

Crédito: Globo/Ramón Vasconcelos

Advertisement

Agenda de Eventos Acontece

Taxa de câmbio

Taxas de câmbio USD: seg, 20 maio.

Advertisement

Advertisement

Categorias

plugins premium WordPress

You cannot copy content of this page