Altemar e Roberto Dias dividem o sucesso nos palcos e na vida
Entrevistas EUA

Brazarte: 15 anos de dança brasileira

Sending
User Review
0 (0 votes)

A companhia brasileira de dança Brazarte está completando 15 anos de uma trajetória de brilho e sucesso nos Estados Unidos. E a Acontece Magazine conversou com o criador e diretor da companhia, o coreógrafo Roberto Dias, que falou dessa data especial e dos projetos da Brazarte. Confira.

Como surgiu a ideia de criar uma cia de dança brasileira nos EUA?
Antes de vir para Miami, eu dancei muito na minha vida e participei de várias companhias de dança no Rio de Janeiro, numa longa trajetória. Foi então que eu recebi o convite para vir a Miami coreografando um mega show, o Rio Ecstasy, no Scala Miami, em 1993. Assim que cheguei aqui, eu iniciei a minha companhia de dança moderna, a Brazarte D.C., e comecei a minha trajetória de com uma companhia de dança na Flórida.

O que mudou na Brazarte desde a sua formação até hoje, quando completa 15 anos?
Sempre estamos mudando. Temos de acompanhar as novas gerações com suas novas ideias e tecnologia. A Brazarte está sempre mudando algo como a música, o figurino, bailarinos e conceitos para a criação de novas coreografias.

Qual o segredo dessa parceria de sucesso com o Altemar Dias?
Eu e o Altemar somos parceiros há mais de 25 anos. Acho que o segredo é: o que falta em um, o outro completa, e vice-versa. A nossa relação é maravilhosa, sempre com muito respeito. Às vezes rolam umas discordâncias, o que é totalmente normal, mas isso é que faz o trabalho ficar cada vez melhor.
E esse novo projeto Palavras, da Brazarte 2015?
Estamos celebrando 15 anos de trajetória aqui nos Estados Unidos, e criamos este projeto de remontagem de algumas peças antigas e uma inédita, com o título Palavras, baseado em frases e palavras da escritora Clarice Lispector.

O que vocês gostariam de realizar que ainda não realizaram como Brazarte?
Na realidade gostaríamos de ter um bom patrocínio que possibilitasse apresentações anuais da Brazarte. Esse é o meu sonho para a companhia. Tem alguém ou alguma empresa que acredite e queira investir no nosso trabalho.
Como dançarinos podem fazer parte da Brazarte?
Normalmente, os dançarinos me mandam um currículo e eu os convido para fazer uma aula experimental, onde eu possa analisar se este bailarino tem o perfil que eu procuro para a companhia. A seleção depende de cada projeto. Eu prefiro convidar os dançarinos que já conhecem o meu estilo e que estão sempre nas minhas aulas. Não gosto de fazer audições, prefiro o convite.
Mais informações em brazartmiami.com

Advertisement

Agenda de Eventos Acontece

Taxa de câmbio

Taxas de câmbio USD: ter, 18 jun.

Advertisement

Advertisement

Categorias

You cannot copy content of this page