Vida e Saúde

Autismo e o TDAH: Conheça as principais diferenças

Contabilidade
Sending
User Review
0 (0 votes)

Autismo, ou Transtorno do Espectro Autista (TEA), é um conjunto de condições relacionadas ao neurodesenvolvimento que se caracterizam por desafios com habilidades sociais, comportamentos repetitivos e comunicação não verbal e verbal. Pessoas com autismo podem ter dificuldades em interagir socialmente e podem exibir interesses restritos e padrões de comportamento repetitivos.

O TDAH, ou Transtorno de Déficit de Atenção com Hiperatividade, é um distúrbio neurobiológico crônico que envolve desatenção, impulsividade e, em muitos casos, hiperatividade, podendo afetar o desempenho escolar e as relações interpessoais.

Ambos os transtornos são complexos e podem variar significativamente em termos de sintomas e severidade entre indivíduos. Eles são diagnosticados com base em critérios clínicos e requerem uma abordagem multidisciplinar para o tratamento e apoio – Explica a Dra. Gesika Amorim, Mestre em Educação Médica, Pediatra pós graduada em Neurologia e Psiquiatria, com especialização em Tratamento Integral do Autismo, Saúde Mental e Neurodesenvolvimento

  1. Características Gerais:

   – Autismo: É caracterizado por déficits na comunicação social e comportamentos repetitivos.

   – TDAH: É caracterizado por sintomas de desatenção, hiperatividade e impulsividade.

  1. Manifestações Comportamentais:

   – Autismo: Dificuldade de comunicação e interação social, associada a comportamentos repetitivos e padrões restritivos de interesse.

   – TDAH: Manifesta-se por dificuldades comportamentais, impulsividade e hiperatividade.

  1. Idade de Percepção:

   – Autismo: Nos dois primeiros anos de vida, há muito interesse da criança em seus cuidadores principais, especialmente na mãe.

   – TDAH: Pode ser percebido desde a primeira infância.

Lembrando que, embora possam ocorrer simultaneamente, são duas condições diferentes. As comorbidades no autismo podem variar de pessoa para pessoa, mas as mais comuns incluem:

  1. Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH): Muitas pessoas com TEA também apresentam sintomas de TDAH, como dificuldade de concentração e impulsividade.
  1. Ansiedade: O autismo frequentemente coexiste com transtornos de ansiedade, que podem afetar o bem-estar emocional e social da pessoa.
  1. Depressão: Pessoas no espectro autista também podem enfrentar episódios depressivos.
  1. Transtorno Obsessivo-Compulsivo (TOC): Algumas pessoas com autismo têm comportamentos obsessivos ou rituais compulsivos.

É importante reconhecer essas comorbidades para adaptar estratégias de tratamento e melhorar a qualidade de vida das pessoas com autismo – Conclui a Dra. Gesika Amorim.

CRÉDITOS:

Dra Gesika Amorim é Mestre em Educação Médica, com Residência Médica em Pediatria, Pós Graduada em Neurologia e Psiquiatria, com formação em Homeopatia Detox (Holanda), Especialista em Tratamento Integral do Autismo. Possui extensão em Psicofarmacologia e Neurologia Clínica em Harvard. Especialista em Neurodesenvolvimento e Saúde Mental;  Homeopata, Pós Graduada em Medicina Ortomolecular – (Medicina Integrativa) e Membro da Sociedade Brasileira de Neurologia Infantil.

Advertisement

Agenda de Eventos Acontece

Taxa de câmbio

Taxas de câmbio USD: seg, 20 maio.

Advertisement

Advertisement

Categorias

plugins premium WordPress

You cannot copy content of this page