Capuccino original. Arquivo pessoal.
Arte Blima Efraim

Arte, Autismo e Religião

A religião influencia um artista quando ele/ela está criando? E na cabeça de um artista que é autista?
Sending
User Review
0 (0 votes)

“Você não pode sorrir meu sorriso, nem sentir minha dor. E nem precisa me admirar. Você só precisa respeitar a minha história, porque eu respeito a sua.” – Nicolas Brito Sales

Nicolas Brito Sales. Arquivo pessoal.

Conheci o autor dessa frase acima em 2017, durante a feira de arte ArtBrasil. Essa feira, exclusivamente composta de artistas brasileiros, e que infelizmente não existe mais, foi, nos últimos anos, organizada pela Jade Matarazzo com a ajuda de vários voluntários, inclusive eu.

O Nicolas, na época com 18 anos, se inscreveu no ArtBrasil, participando como fotógrafo e levou o 1º lugar na categoria “People’s Choice Awards”. Eu tive o prazer de conhecer a família Brito Sales e fiquei sabendo um pouco da história desse artista autista.

O tema Autismo é muito complexo para ser escrito por mim, uma leiga no assunto, mas o que eu vou escrever nesta coluna, é sobre como um menino com autismo severo, que não falou até os seus 11 anos de idade, pôde ter se tornado escritor, palestrante e fotógrafo “fineart”. Na minha opinião, ele já nasceu artista, não se tornou um. O dom da arte e o autismo nasceram juntos, e como “a fé move montanhas…”

Nicolas fotografando. Arquivo pessoal.

Nicolas não tinha intenção comunicativa, extrema dificuldade para se alimentar e evitava contato social. Os médicos disseram que ele jamais falaria, que jamais sentiria amor por alguém e que jamais levaria uma vida normal. Como é que um pai e uma mãe, depois de escutar palavras tão duras poderiam ter alguma esperança de que essa criança poderia sobreviver sozinho e ter alguma profissão no futuro? O que seria dele quando eles não estivessem mais aqui para protegê-lo? Foi pensando nisso que a Anita, mãe do Nicolas, sempre teve muita fé, e até hoje se dedica a estudar o Autismo. Hoje ela é doutora em neurociência pela USP, e escritora. “Fui fazer meu doutorado para compreender os mecanismos neurobiológicos do Autismo e suas comorbidades. Tenho duas graduações (licenciatura em Língua e Literatura Inglesa e Norte Americana e um bacharelado em Tradução Inglês/Português) e tenho um Mestrado em Dialogismo e Literatura, mas resolvi mudar para a Neurociência e ter uma maior compreensão do cérebro do meu filho, da minha família e das diferenças dos Autismos na população em geral”, diz Anita.

Nicolas ao lado dos pais Anita Brito e Alexander Sales. Arquivo Pessoal.

Hoje com 23 anos, graças a Deus e a muito esforço e dedicação de seus pais, o Nicolas já se interessa por várias coisas. Ele quer casar e ter filhos, gosta de cozinhar, tem muitos amigos, e adora fotografar. Seus trabalhos contemporâneos refletem a expressão do seu mundo interior de uma maneira distorcida, espelhando sua fascinação por ventiladores desde pequeno. Através de movimentos circulares, Nicolas consegue captar as cores que giram e habitam cada movimento do ambiente escolhido, imortalizando a imagem em uma maneira abstrata. Seu sonho é ser um fotógrafo famoso e eu acredito que ele será!

Arquivo pessoal.

Nicolas e sua família foram batizados na Congregação Cristã no Brasil, e ele faz parte do grupo de visitas, o que ele ama fazer. Nicolas vai à igreja desde que nasceu e quis se batizar por vontade própria. Ele acredita muito em Deus, ora sempre e, apesar de déficits na compreensão de questões abstratas, ele aceita e respeita todas as religiões, sendo amigo de ateus, judeus, espíritas e católicos sem a menor distinção.

Metacrilato redondo 42cm. Arquivo pessoal.

Após sua primeira palestra em 2011, Nicolas passou a ser convidado, juntamente com sua mãe, para falar sobre autismo e sobre sua vida. Com o passar dos anos, ele foi se desenvolvendo cada vez mais e tomando gosto por usar sua voz, calada por tantos anos, para levar conscientização a outros. Em 2014, foi coautor de um livro sobre inclusão escolar. Em 2017, lançou seu primeiro livro, que falava de suas vivências; e em 2019, lançou seu primeiro livro infantil. Desde 2014, já foram 8 livros e e-books como autor.

No dia 5 de dezembro, Nicolas irá expor novamente em Miami, no Sagrado Café, com uma exposição que irá mostrar sua transição para a vida adulta. Nicolas trará fotos de suas coleções passadas, mas trará também a beleza de suas novas obras, de formas em espiral que retratam sua visão de mundo, ainda quando criança, bem como sua visão mais ampla e cheia de possibilidades.

Arquivo pessoal.

Todas as obras expostas estarão `a venda. Vamos lá prestigiar o Nicolas e sua linda família? O endereço do Sagrado Café é 900 Biscayne Blvd, 102, Miami, Fl 33132.

Vocês também podem adquirir os livros do Nicolas através do site:
http://nbs.clubedainclusao.com/

Advertisement

Agenda de Eventos Acontece

Taxa de câmbio

Taxas de câmbio USD: qui, 22 fev.

Advertisement

Advertisement

Categorias

You cannot copy content of this page