Procure beleza no mundo, procure à sua volta!
Vida e Saúde

Ano Novo, Vida Nova?

Por Dr. Ana Gouvea

Será que em todo ano que se inicia precisamos também começar uma vida nova ou podemos apreciar a que já temos? Todos nós tomamos as nossas decisões finais anuais: vou fazer a dieta, frequentar a academia, o curso na universidade, vou beber menos, vou procurar um terapeuta, vou ter mais paciência com a minha mãe, vou economizar dinheiro etc. Mas quanto tempo duram as nossas decisões de fim de ano? Vou propor a vocês uma prática mais radical para o período que começa: por que não procurar beleza no nosso dia a dia? Em vez de colocar todas as nossas energias no futuro, por que não apreciar o nosso presente? Prestar mais atenção nas belezas à nossa volta.

Todos os dias somos bombardeados com notícias ruins: guerras, políticos corruptos, mais uma maluquice de algum presidente de plantão, a economia que não vai bem, tragédias ambientais, tragédias humanas, aquecimento global e por aí vai… Fica tudo muito pesado, difícil, e o mundo passa a refletir um lugar sem esperança povoado por pessoas inescrupulosas e corruptas e por infelicidades de todos os tipos. E aí nos esquecemos da beleza ao redor. Para combater o estresse, para combater a depressão, preste atenção à sua volta. Não é uma beleza complicada, de padrões estéticos inalcançáveis. É uma beleza simples. O passarinho cantando, a folha da árvore que caiu, o pôr do sol, a nuvem em forma de qualquer coisa, o barulho do mar, a voz do seu filho, o barulho da noite.

Procurar beleza no mundo não é uma invenção minha. Quem teve essa ideia foi uma pessoa que sofria de depressão. Para combater a tristeza, essa pessoa começou a observar o ambiente ao redor e a prestar mais atenção nele. Depressão é a sensação de vazio causada pela falta de esperança, pela falta de controle em nossas vidas. Essa ausência de esperança gera tristeza, impotência, sofrimento. Mas se observarmos o mundo à nossa volta, que, à primeira vista, parece opressor e cheio de notícias ruins, poderemos encontrar beleza. Se procurarmos beleza à nossa volta, poderemos resgatar o prazer, a felicidade que tanto buscamos na dieta, no corpo perfeito e inatingível, no carro do ano. A felicidade deixa de ser pautada por ideais complicados e sufocantes. Podemos resgatar o prazer em coisas simples e nos damos conta de que não precisamos de uma vida nova, mas simplesmente apreciar mais a que temos. Então, a minha sugestão de começo de ano é procurar beleza no mundo, procurá-la à sua volta. Ano novo, vida com beleza! Vamos resgatar as nossas vidas e achar prazer nas coisas simples, nas infinitas alegrias oferecidas diariamente à nossa volta. Feliz Ano Novo!

You cannot copy content of this page