Resumo das Novelas

Sinopses do mês de NOVEMBRO de 2016 – Dez Mandamentos

Sending
User Review
0 (0 votes)

14 de Novembro – Capítulo 116

Moisés avisa a família que Deus provocará algo grave nas águas do Nilo. Arão deixa os filhos espantados ao revelar a promessa de Deus contra os egípcios. Henutmire encontra Ramsés indignado e pede desculpas ao irmão. Joquebede percebe que Moisés está chateado com o fim da amizade com Ramsés e diz que ele precisa ser forte para enfrentar o que ainda está por vir. Moisés e Arão seguem para o rio Nilo e esperam por Ramsés. Ramsés desdenha do poder de Deus e avisa que os hebreus não irão a lugar nenhum. Moisés pede a Arão que toque as águas do Nilo com o cajado para que elas se tornem sangue. As águas do rio viram sangue e os egípcios ficam incrédulos.
15 de Novembro – Capítulo 117
Espantado, Ramsés fica irritado ao ver toda a água do Nilo transformada em sangue. Enquanto Tais conversa com Ana e Judite, elas são interrompidas pelo grito desesperado de uma serva avisando que toda a água do Nilo é sangue. Enquanto nada na piscina do palácio, Nefertari fica apavorada ao ver a água toda vermelha. Os egípcios desesperam-se com a transformação da água. Moisés e Arão enchem-se de felicidade ao notar que a água não foi atingida na vila dos hebreus. Corá fica impressionado ao notar que a água dos escravos está limpa. Irritado, Ramsés pede para chamar Paser e Simut. Arão teme que o sossego dos escravos acabe quando o faraó descobrir que na vila tem água limpa. Ramsés conversa com Nefertari e diz que mostrará quem é o mais forte. Moisés teme o que o rei poderá fazer com Henutmire. Com o intuito de levar ao conhecimento do rei, Corá conta a Yunet que na fonte dos hebreus há água limpa.
16 de Novembro – Capítulo 118
Yunet irrita-se ao perceber que o líquido no copo é sangue e faz questão de que Corá a leve ao poço dos hebreus para encontrar água limpa. Yunet fica espantada ao constatar que a maldição é somente contra o Egito. Yunet vai à porta do palácio à procura de Ramsés. Irritado, o rei ordena que Ikeni a expulse. Ela diz que Ramsés irá se arrepender de a ter ignorado. Ramsés aguarda a chegada dos magos para que eles resolvam o problema da água. Ao ver que só há sangue na obra, Apuki fica indignado por ter que dar folga aos escravos. Corá procura Joquebede para conversar. Os magos chegaram ao palácio. Henutmire desconfia que Yunet esteja a agir contra Moisés. Ramsés fica revoltado ao ser informado que a água na vila dos hebreus permanece limpa.
17 de Novembro – Capítulo 119
Safira entrega a joia para Ahmós e diz que a dívida está paga. O dono da Casa de Senet fica furioso e fuzila Karen com o olhar. Ele acaba por libertar Safira. Karen diz que também abandona o prostíbulo e deixa cair as suas economias no chão. Ahmós diz que ela só sai se entregar tudo antes. Eles brigam, Safira tenta intervir, mas acaba por ser agredida. Tomado pelo ódio, o egípcio atira Karen contra a parede. Ela bate a cabeça num móvel e cai no chão. Safira pede ajuda para socorrer Karen. Oseias e Calebe saem para resgatar a mãe de Bak. Zelofeade, Oseias e os outros chegam à Casa de Senet para socorrer Karen. Ahmós diz que Karen está morta e ordena que os guardas expulsem os escravos. Joquebede e Miriã dão apoio a Safira. Ahmós manda os guardas fazerem desaparecer o corpo de Karen. Oseias e Calebe avisam Safira que Karen está morta. Zelofeade e Abigail tentam tomar coragem para contar a verdade a Bak. Moisés chega até a Vila dos Hebreus e vê que a água foi transformada em sangue.
18 de Novembro – Capítulo 120
Os hebreus ficam desolados ao verem que a água da fonte foi contaminada. Datã e Abirão cobram uma atitude de Moisés, que diz não ter recebido uma nova chamada de Deus. Ramsés reage exultante ao saber que Janes e Jambres conseguiram transformar a água dos escravos em sangue. Amenhotep desmaia no trono e recebe os cuidados de Paser. Joquebede explica a situação de Safira a Moisés, que se prontifica a ajudá-la. Safira chora, responsabilizando-se pelo fim trágico de Karen e revela que foi agarrada por Corá à força. Corá tenta amenizar a acusação e Joquebede pede que Bina assuma a verdade à frente de todos. Depois de saber a verdade, Datã ameaça matar Corá. Safira explica que apenas dançou na Casa de Senet e nunca se deitou com o cunhado. Chateado consigo mesmo, Datã pede desculpas e os dois se abraçam. Moisés procura Ramsés para lembrar que o egípcios estão sofrendo devido à seca e insiste para que o faraó autorize a partida dos hebreus.

21 de Novembro – Capítulo 121
Ramsés sente-se mal e é amparado por Moisés. O faraó tem um ataque de raiva e expulsa o hebreu do palácio. Em conversa com Bezalel, Meketre assume que desconfia da paternidade de Bak. Abigail tenta cuidar de Bak, que não come, e acha que devem dizer a verdade ao filho de Karen. Passam-se quatro dias e Arão e Eliseba preocupam-se com a reserva de água dos hebreus. Vários egípcios sofrem com a falta de água e desmaiam. Janes e Jambres aconselham Ramsés a deixar os hebreus partirem, mas o faraó recusa-se. Moisés pede a Deus e toda a água do Nilo volta a ficar limpa. Os hebreus vibram ao notarem a pureza da água. Os egípcios matam a sede no palácio. Bakenmut avisa que Moisés está no palácio.
22 de Novembro – Capítulo 122
Ramsés não atende ao pedido de Deus e Moisés ameaça-o, dizendo que algo muito pior está por vir. Judite percebe que Ana não para de pensar em Oseias e assume que gostaria de vê-la feliz. Emocionado, Bak revela a Bezalel a vontade de conhecer o pai. Bezalel não resiste e dá um beijo a Deborah. Zelofeade ora para que Deus conceda a graça de ter um filho com Abigail, deixando-a emocionada. Nefertari conversa com Moisés. Ele explica-lhe que o Egito sofrerá. Abigail incentiva o sobrinho a pedir Deborah em casamento. Moisés e Arão aproximam-se das margens do Nilo. Arão estende o cajado e percebe que rãs começam a saltar da água. Bezalel pede a mão de Deborah em casamento a Zelofeade, que aceita o pedido. Moisés avisa Joquebede que a segunda praga já começou. Centenas de rãs começam a invadir o palácio. Nefertari acorda e fica desesperada ao ver tantas rãs.
23 de Novembro – Capítulo 123
Henutmire e Hur assustam-se ao ouvirem ruídos de rãs a bater contra a porta. Ramsés fica furioso ao perceber que Janes e Jambres não fizeram os animais desaparecerem. Amenhotep e Pepy divertem-se com as rãs no palácio. Na cidade, os egípcios estão desesperados. Abigail tenta falar com Meketre sobre Bak, ele recusa mas encontra o menino ao deixar a casa de Zelofeade. Moisés avisa os familiares que Ramsés pedirá a sua presença. De repente são surpreendidos com a chegada de Bakenmut. O oficial avisa que o faraó deseja falar com Moisés e Arão. O Rei diz que permitirá a partida dos escravos. Em troca, ele pede a Moisés livrar os egípcios da praga das rãs. Bezalel pede Deborah em casamento. Moisés pede a Deus para livrar o povo egípcio da invasão das rãs. O Senhor avisa que ainda não acabou e ordena que Moisés volte ao palácio acompanhado de Arão. Bezalel anuncia o noivado com Deborah. Aoliabe não gosta da notícia e deixa Deborah triste.
24 de Novembro – Capítulo 124
Ramsés recusa receber Moisés e Arão novamente e o libertador pede ao irmão para fazer o que Deus mandou. Moisés pede a Arão para tocar o solo com o cajado. De repente, surge uma nuvem de piolhos em direção ao palácio. Moisés e Arão ficam preocupados com o sofrimento dos egípcios devido à resistência de Ramsés. O rei assusta-se ao saber do surgimento de outra praga. Nefertari e Karoma começam a coçar-se por causa da infestação de piolhos. Desesperada, Nefertari avisa Ramsés que o palácio está repleto de piolhos, deixando-o com medo. Moisés e Arão revelam ao povo que Deus castigou Ramsés por não cumprir a promessa de ceder após o fim da praga das rãs. Aoliabe desculpa-se com Bezalel na frente de todos e o aceita como cunhado. Zelofeade, Aoliabe e Bezalel convencem Abigail a contar a Bak que ele é filho de Meketre.
25 de Novembro – Capítulo 125
Bak pressiona Safira para contar quem é o pai dele. Abigail chega e conta a verdade ao menino. Bak fica feliz ao saber que Hori e Meryt são seus irmãos. Ramsés rende-se à praga dos piolhos e deixa Nefertari admirada ao ver o marido de joelhos no chão. Bezalel surpreende todos ao dizer que parte do pagamento das joias que confeccionou será para o seu casamento com Deborah. Deus fala novamente com Moisés e diz que a praga dos piolhos cessou. A voz diz ainda que o coração de Ramsés continua endurecido e pede que Moisés se encontre com ele novamente. Ikeni anuncia a Ramsés a chegada de Moisés. Moisés pede mais uma vez a Ramsés que liberte o seu povo, caso contrário o reino será invadido por moscas. O faraó ri na cara de Moisés e diz que não irá ceder. Os dois têm um momento de nostalgia e conversam amigavelmente. Ramsés, no entanto, ameaça matar Moisés, caso ele não pare com as pragas.

Advertisement

Agenda de Eventos Acontece

Taxa de câmbio

Taxas de câmbio USD: dom, 26 maio.

Advertisement

Advertisement

Categorias

plugins premium WordPress

You cannot copy content of this page