Destaques Entrevistas

Simaria – Uma estrela que brilha cada vez mais forte

Sending
User Review
0 (0 votes)

Dotada de uma linda voz, carisma e uma mistura de beleza e elegância, Simaria, que é natural de Uibaí, Bahia, possui uma longa história no meio musical que começou quando a mesma ainda era adolescente e se estende até os dias atuais. Atualmente, a cantora está envolvida em lançar sua carreira solo e mesmo com a ansiedade de milhões de fãs e seguidores que querem vê-la de volta aos palcos, o mais breve possível, ela prefere planejar cada passo com calma para quando for o momento certo, apresentar um trabalho que corresponda ao carinho de seu público.

E foi para falar sobre esse e outros assuntos, que Simaria bateu um papo com a reportagem da Revista Acontece. Confira:

Você começou na música no grupo de backing vocals do cantor Frank Aguiar. Naquelas primeiras apresentações que fez, você já se imaginava conseguindo obter o sucesso que conquistou?

Quando comecei a cantar com Frank Aguiar, ele disse para a minha mãe, que eu tinha uma luz especial e iria mudar a vida dele, mas não imaginei que um dia chegaria ao nível que cheguei, especialmente quando cantava com ele. Tinha 14 anos quando comecei. Os anos foram se passando, porque a nossa história é muito longa. Hoje estou com 40, e no decorrer desse tempo, fui entendendo o poder que eu tinha e que era capaz de alcançar coisas inimagináveis se acreditasse e não perdesse meu foco.

Você tem dois filhos, como é conciliar a atribulada carreira musical com a vida de mãe?

Tenho dois filhos, Giovana e Pawel, são crianças incríveis, venho conversando com eles, dizendo que são a minha equipe, a única equipe que não pode sair de perto da mamãe são eles, que preciso da colaboração dos dois para que eu possa ir trabalhar, mas tento estar o máximo presente dentro de casa, procurando ter uma agenda não tão louca para que eu possa ter qualidade de vida com os meus filhos e cuidar da minha saúde.

Fotógrafo: Márcio Amaral

Em 2018, você teve um problema de saúde e precisou se afastar dos palcos. Conte-nos o que ocorreu e o que sentiu diante daquele momento complicado.

Eu já tive duas tuberculoses ganglionares, é uma que sai no pescoço, às vezes, inflama o gânglio e é necessário até fazer a punção. Em 2014, tive uma e foi até mais pesada que essa de 2018, só que as orientações que eu tive não foram suficientes para que eu me protegesse da forma adequada. A de 2018, também foi pesada, fiquei muito magra, desidratada, passei por situações muito difíceis, mas tive a sorte de pegar bons profissionais que me ajudaram a sair disso. Infelizmente, é uma doença que é sistêmica, quando você não come bem, não dorme direito, está muito estressado, se não tiver cuidado, ela pode voltar. Foi um momento complicado, sofri muito, mas serviu para me abrir os olhos para muitas coisas.

Após anos de sucesso com a sua irmã, você pretende investir na carreira solo? Quais os planos para sua carreira? Vem novas músicas e uma turnê por aí?

Sobre minha nova carreira, não tenho muito a contar ainda, porque prefiro que as coisas estejam extremamente perfeitas e alinhadas, planejamento de marketing, qual será a música de lançamento, então como não tenho a data certa, prefiro aguardar quietinha.

Fotógrafo: Márcio Amaral

A sua pele é muito elogiada, quais os cuidados para mantê-la impecável?

Procuro cuidar muito da minha pele. Eu lavava meu rosto pós-show, tirava a maquiagem com lenço umedecido usando um sabonete francês porque eu tinha muita espinha, mas sempre cuidei, nunca gostei de dormir com maquiagem. Tenho alguns produtos que uso e ajudam bastante e depois que descobri o doutor Alberto Cordeiro, que cuida da minha pele, um doutor incrível, formado na USP, um cara que começou a estudar jovem, e ele começou a fazer os lasers na minha pele. Só tenho botox, não tenho preenchimento nenhum, porque não gosto, também acho que não tem necessidade. Tenho recebidos muitos elogios aonde chego, o pessoal fala “Uau! Que pele!’, mas sigo sempre tendo os cuidados.

Já esteve em Miami? Quais os locais que você gosta de frequentar?

Quando estou em Miami, gosto de ir a restaurantes e também à praia para poder ficar olhando e servindo de inspiração para escrever ou criar projetos.

Fotógrafo: Márcio Amaral

Você é uma pessoa antenada com a moda, qual o seu estilo?

Uso o estilo que me sinto bem, se colocar um vestido tubinho e ficar lindo em mim, vou com ele, aposto e vou embora, se precisar colocar um look oversized também coloco, adoro jeans, todos os estilos de roupa, especialmente os que têm tecidos diferentes que a gente vê que foram elaborados com muito estudo, noites de sono perdidas e sofrimento. Eu admiro demais a arte da moda é um dos dons mais lindos que as pessoas possuem de criar vários looks, e te dar poder, você se sente mais empoderada quando usa uma roupa bonita e que você se sente bem. Eu amo todos os estilos.

Advertisement

Agenda de Eventos Acontece

Taxa de câmbio

Taxas de câmbio USD: ter, 16 abr.

Advertisement

Advertisement

Categorias

plugins premium WordPress

You cannot copy content of this page