Vida e Saúde

Mulheres em período pós-parto também podem se exercitar

Sending
User Review
0 (0 votes)

Antes de iniciar atividades físicas, puérperas devem receber liberação do médico.

A atividade física traz diversos benefícios à saúde, como melhora da qualidade do sono e do condicionamento físico e a redução de sintomas de depressão e ansiedade. O Guia de Atividade Física para a População Brasileira, elaborado pelo Ministério da Saúde (MS), destaca que a prática de exercícios físicos é recomendada para todas as pessoas, inclusive para mulheres que estão vivenciando à fase pós-parto. 

Conhecido também como puerpério, o pós-parto é o período logo após o nascimento do bebê, com duração de cerca de seis semanas, segundo o MS. Porém, em mulheres que amamentam por um longo intervalo, o puerpério pode durar um pouco mais. Nessa fase, a puérpera está em processo de recuperação da gestação e passa por diversas modificações físicas e psicológicas. 

Por isso, a atividade física é considerada importante neste momento, auxiliando no controle do peso corporal, reduzindo o risco de depressão pós-parto ou baby blues (transtornos emocionais do ciclo gravídico puerperal) e melhorando a capacidade de a mulher de fazer atividades do dia a dia.

Exercícios físicos recomendados

Mas quais tipos de exercícios uma mulher no pós-parto pode praticar? Antes de iniciar alguma atividade física, a puérpera deve receber liberação do seu médico. A indicação geral de especialistas é de iniciar ou retomar os exercícios três semanas após o nascimento do bebê, mas o tipo de parto (normal ou cesárea) também é levado em conta. Dessa forma, a consulta após o nascimento da criança é necessária para avaliar como a mamãe está se sentindo.

As atividades mais recomendadas neste momento são as que trazem mais satisfação e bem-estar à mulher. Caminhar, dançar e alongar são exercícios indicados, pois podem ser praticados na companhia de alguém ou, até mesmo, do bebê, gerando uma oportunidade de fortalecer o vínculo entre mãe e filho. Segundo o Guia do MS, após a gestação, também é aconselhável que a mulher realize atividades que fortaleçam os músculos do assoalho pélvico.

Outro ponto importante é o tempo de exercícios físicos. Ter um recém-nascido em casa demanda muitas tarefas e essa também é uma fase na qual mãe e filho estão se conhecendo. Por isso, é difícil que a mulher consiga ficar muito tempo longe da criança. Além disso, o corpo está se recuperando de uma gestação. 

Levando esses fatores em conta, educadores físicos recomendam que a mulher comece com atividades de 20 minutos por dia e aumente esse tempo gradativamente.

Roupas confortáveis e muita água

Para a prática de atividades físicas, as mulheres que estão vivenciando o pós-parto devem seguir algumas dicas. Nos exercícios ao ar livre, é recomendado o uso de roupas leves e confortáveis, como calça legging, camisa de manga longa, boné e protetor solar.

A água também é indispensável e deve ser ingerida antes e depois da atividade física, principalmente se a mamãe estiver amamentando. 

Outro ponto importante é em relação à alimentação. Antes e após praticar exercícios, a orientação é optar por alimentos leves, como frutas, sucos naturais e pães integrais. Embutidos, comidas gordurosas e que tenham muito açúcar devem ser evitados, conforme recomenda o MS.

Sem cobranças

A mulher no pós-parto não deve se cobrar ou ser cobrada para retornar ao corpo que tinha antes da gestação. Nessa fase, é importante que ela cuide da sua saúde física e mental. Por isso, realizar uma atividade que proporcione bem-estar é o melhor. 

Uma rede de apoio também é importante e pode auxiliar a puérpera para que ela reserve um tempo na sua rotina para se dedicar aos exercícios físicos. Caso não seja possível, a mulher pode optar por realizar uma atividade com o bebê. O importante é que a mulher se movimente e sinta-se bem.

Advertisement

Agenda de Eventos Acontece

Taxa de câmbio

Taxas de câmbio USD: dom, 23 jun.

Advertisement

Advertisement

Categorias

You cannot copy content of this page