Cinema Programe-se

“Minha Mãe é Uma Peça 3” chega ao Globoplay EUA

Sending
User Review
0 (0 votes)

O  documentário “Fevereiros”  e o clássico “O Homem que Copiava”  também estreiam na plataforma

Foi no monólogo “Minha Mãe é Uma Peça” que Paulo Gustavo se tornou conhecido do grande público. O espetáculo teatral ficou mais de dez anos em cartaz e originou um longa-metragem com o mesmo título em 2013, dando início à franquia de maior êxito do cinema brasileiro.  Em “Minha Mãe é Uma Peça 3”,  último filme da trilogia que agora fica completa no Globoplay nos EUA, Dona Hermínia (Paulo Gustavo) recebe de uma só vez duas notícias bombásticas: o filho Juliano (Rodrigo Pandolfo) vai casar e a filha Marcelina (Mariana Xavier) está grávida do namorado, cuja existência a mãe desconhecia. Sempre espaçosa, ela tenta lidar com as novidades sem se intrometer na vida dos filhos. E, claro, não consegue. “Minha Mãe é Uma Peça 3” tem direção de Susana Garcia e produção da Migdal Filmes, em coprodução com Globo Filmes, Telecine, Universal Pictures International e Paramount Pictures Corporation.

Também disponibilizado hoje na plataforma,  o documentário “Fevereiros” faz um mergulho na trajetória de Maria Bethânia, partindo da homenagem da Mangueira à cantora, durante o carnaval do Rio de Janeiro em 2016. Dos desenhos das primeiras alegorias aos desfiles na avenida – o documentário percorre uma viagem ao Recôncavo baiano acompanhando  Maria Bethânia nas festas populares de sua cidade natal, Santo Amaro da Purificação. Neste percurso Rio-Bahia, “Fevereiros” mostra o universo que inspirou o desfile que consagrou a Mangueira como campeã naquele ano,  e aponta conexões entre as tradições do recôncavo e o surgimento do samba carioca. O filme conta com depoimentos de Maria Bethânia, Caetano Veloso, Chico Buarque, e do carnavalesco da Mangueira Leandro Vieira, entre outros. Com direção de Marcio Debellian, “Fevereiros” é uma coprodução da Debê Produção, Globo Filmes, GloboNews e Canal Brasil. 

Já no clássico “O Homem que Copiava”,  André (Lázaro Ramos) tem 20 anos e o segundo grau incompleto. É operador de fotocopiadora na livraria e papelaria J. Gomide, onde trabalha com Marines (Luana Piovani). Ganha mal, paga as prestações da TV e mora com a mãe. Gosta de desenhar e gosta de Sílvia (Leandra Leal), sua vizinha, a qual ele espia toda noite de sua janela. André precisa desesperadamente de trinta e oito reais para comprar um chambre de chenile para chamar a atenção de Sílvia que é vendedora da loja. Para conseguir se aproximar do seu amor, André tem uma ideia: copia uma nota de 50 reais e consegue trocar por uma nota verdadeira. A partir daí muita confusão acontece com a vida de André, Cardoso (Pedro Cardoso), Sílvia e Marines.

Foto:

Paulo Gustavo em “Minha Mãe É uma Peça 3”. 

Crédito: Divulgação / Globo Filmes

Advertisement

Agenda de Eventos Acontece

Taxa de câmbio

Taxas de câmbio USD: ter, 18 jun.

Advertisement

Advertisement

Categorias

You cannot copy content of this page