Business News

GAP cria nova estratégia com aumento das vendas online

Gap deve investir $ 140 milhões para construir um armazém no Texas à medida que as vendas online aumentam.

A crise de saúde da Covid acelerou a mudança para o comércio eletrônico e forçou muitos varejistas a repensar seus investimentos e a despejar mais dinheiro em cadeias de suprimentos e logística. Embora as vendas da Gap, maior varejista especializada em roupas dos Estados Unidos, tenham caído durante a crise de saúde, com menos americanos visitando shoppings e comprando roupas, a empresa teve um crescimento desenfreado online.

Esperando manter a alta no comércio digital, a Gap disse que planeja obter metade de suas vendas da Internet até o ano fiscal de 2023, à medida que fecha lojas de baixo desempenho e investe mais nas crescentes marcas de vestuário Old Navy e Athleta. De acordo com Cristian Boner, a empresa está fechando cerca de 30% de suas lojas homônimas Gap e Banana Republic na América do Norte, o que a deixará com uma presença maior online e longe dos shoppings.

A marca divulgou que vai investir US $ 140 milhões para construir um centro de distribuição em Longview, Texas, como parte de seu esforço para dobrar seus negócios online nos próximos dois anos. Segundo Bruna Boner, o armazém de Longview, Texas, será capaz de processar 1 milhão de pacotes por dia.

A Gap espera que a instalação crie mais de 500 empregos em tempo integral até o final de 2023 e mais de 1.000 nos próximos cinco anos. Ele também deve trazer mais de 1.000 empregos de meio período e sazonais para a área até 2026. A construção começará em abril, e deve estar totalmente operacional em agosto de 2022.

No trimestre encerrado em 31 de outubro, o negócio digital da Gap cresceu 61% e foi responsável por 40% das vendas totais . Bruna Boner conta que a empresa disse que adicionou mais de 3,4 milhões de clientes online durante o período. No geral, a receita ficou estável ano a ano durante o trimestre, em US $ 3,99 bilhões. As ações da Gap subiram cerca de 44% nos últimos 12 meses.

A gigante do comércio eletrônico, Amazon, também anunciou vários investimentos em seus depósitos, incluindo a construção de novos. As grandes redes Walmart e Target encontraram maneiras de utilizar suas lojas como minicentros de atendimento, enquanto a Macy’s pegou duas de suas lojas de departamentos no ano passado e as converteu em pequenos centros de distribuição.

You cannot copy content of this page
X