Comunidade TV Entrevistas

Falta pouco para a nova temporada do ‘The Voice Brasil’

Sending
User Review
0 (0 votes)

Reality musical estreia na próxima terça sob o comando de Fátima Bernardes, com Thais Fersoza nos bastidores

Para além do show no palco, conhecer um pouco mais das histórias dos candidatos e ver suas reações antes e depois de momentos intensos diante do público ajuda a criar vínculos e a formar torcida pelos participantes.

Na 11ª temporada ‘The Voice Brasil’, que estreia na próxima terça-feira, dia 15, no canal internacional da Globo, Thais Fersoza chega para mostrar um pouco dos bastidores de cada apresentação.

Animada com o início de sua participação nesta versão do programa, a apresentadora conta que já passou por muitas emoções em contato com as vozes. “São encontros bem especiais, aquele olho no olho, aquele momento em que você realmente enxerga o drama da pessoa, aquele anseio ou aquela realização. A superação é muito bonita de se ver. Houve participantes que saíram de lá tremendo, com a perna bamba. Essas coisas foram muito especiais”, revela.

Na entrevista a seguir, Thais Fersoza fala mais sobre sua experiência no reality musical.

ENTREVISTA COM THAIS FERSOZA

Você já participou do ‘The Voice +’ como apresentadora de bastidores. O que representa a chegada ao ‘The Voice Brasil’?

Eu estou muito feliz, me sinto muito honrada de estar participando mais uma vez da família The Voice; me sinto mais parte ainda. Me sinto muito honrada de estar participando mais uma vez da família The Voice. Já fiz o ‘+’ e agora estou tendo essa experiência aqui no The Voice Brasil, que tem outro público, é à noite, são duas vezes na semana; a faixa-etária dos participantes é diferente. Então, para mim é uma nova experiência, é como se fosse um primeiro momento. Eu estou muito feliz! E acompanhar a chegada da Fátima está sendo uma honra, poder trabalhar com ela, dividir esse momento está sendo bem especial.

O que está sendo diferente da última experiência? 

É diferente porque os técnicos são outros, os participantes têm uma faixa-etária diferente, as conversas, também, consequentemente. Os sonhos e a forma como os próprios participantes enxergam a competição são diferentes. E o fato de ser um programa à noite já conta a história de uma outra maneira. 

O que poderia adiantar do que já viveu nos bastidores dos primeiros dias de gravação? 

A gente passa por muitas coisas legais porque fazemos as entrevistas dos bastidores, tem o pré… Houve várias meninas que choraram comigo, contando sua história, se emocionaram ao falar dos seus sonhos e da motivação de estar aqui. São encontros bem especiais, aquele olho no olho, aquele momento em que você realmente enxerga o drama da pessoa, aquele anseio ou aquela realização. A superação é muito bonita de ver. Houve participantes que saíram de lá tremendo, com a perna bamba. Essas coisas foram muito especiais. 

Qual é a parte que mais gosta no seu trabalho no ‘The Voice’?  

Ouvir essas histórias é lindo demais, muito emocionante. E quando eles entram no palco você fala: ‘eu conheço, já abracei, já olhei no olho dessa pessoa’. Eu sei o que representa para ela estar ali, é muito mágico. O The Voice tem esse encanto de atingir a gente em um lugar diferente porque é muito pessoal, particular. Você lida com sonhos, com objetivos, com frustrações e superações. 

Por meio dos participantes, o programa toca na questão da realização de sonhos. Conte um que você ainda gostaria de concretizar. 

Vários! Estar aqui é a realização de um sonho. Me consolidar na minha carreira como comunicadora é um sonho, um objetivo, algo que eu estou estudando, batalhando, conquistando e vibrando com cada oportunidade que tenho. Assim como eles estão vivendo sonhos lá, nós também vivemos sonhos aqui, também temos os nossos sonhos, então a gente sabe a importância e o peso que tem. A gente tem um cuidado e um carinho muito especial ao lidar com isso porque nós também temos os nossos sonhos e objetivos. A gente sabe o que representa para eles estar ali naquele momento. É muito lindo e muito sutil. Eu tenho bastantes sonhos a serem realizados. Acho que a gente tem que ter objetivos e traçar metas para ir buscando ser cada vez melhor, se superar. 

O ‘The Voice Brasil’ tem direção artística de Creso Eduardo Macedo, e apresentação de Fátima Bernardes, com Thais Fersoza nos bastidores. A produção é de Valesca Campos, e a direção de gênero é de Boninho. O reality está previsto para estrear em 15 de novembro.

Globo/João Cotta

Advertisement

Agenda de Eventos Acontece

Taxa de câmbio

Taxas de câmbio USD: ter, 7 fev.

Advertisement