Crédito: Pexels/Igovar
Pets

Conhecendo as Raças – Yorkshire

Sending
User Review
0 (0 votes)

Não aja com impulso quando decidir “comprar” ou mesmo adotar um pet, pois este amiguinho vai fazer parte de sua vida e da sua família por muitos e muitos anos, dando e recebendo amor incondicional, companheirismo e cumplicidade. Planeje, estude, entenda as necessidades reais deste ser vulnerável que somente quer ser respeitado, cuidado e amado.

A raça Yorkshire Terrier começou a ser desenvolvida aproximadamente no século 11, mas só no século 18 mineiros do condado de York, no norte da Inglaterra, começaram cruzamentos seletivos com a finalidade de uma raça pequena para caça subterrânea, principalmente ratos. Logo surgiu um grande interesse sobre a raça nas ilhas britânicas, no continente e nas Américas. Com isso, novos cruzamentos para padrão de tamanho, comportamento e beleza foram feitas e, desta forma, o Yorkshire foi perdendo a qualidade de caçador e se tornando um cobiçado cão de companhia em todo o mundo.

Acredita-se que a raça veio da cruza do terrier preto e castanho, o Skye Terrier, o Dandie Dinmont Terrier e o Maltes, raças caçadoras de tocas. Inicialmente chamada de terrier escocês, foi depois chamado de terrier anão de pelo longo e finalmente recebeu o nome “Yorkshire Terrier”, se referindo a região de origem.

O York ou yorkie como é chamado pelos amantes da raça, são cães de porte pequeno, o menor dos terries, mas com uma personalidade gigante. São energéticos, destemidos, inteligentes, curiosos, superprotetores, carinhosos, e gostam de se expressar latindo. Não são recomendados para criança, mas são excelentes companheiros para adultos, principalmente para os que permanecem mais tempo em casa com eles.

Crédito: Pexels/Viktor Smith

É uma raça de fácil treinamento, mas não é submisso. Eles precisam muito estímulo, como caminhada, exercício controlado e brincadeiras para se manterem calmos. Não gostam de ficar sozinhos e são até considerados cães de guarda por estarem sempre alertas e latirem quando percebem barulho ou pessoas próximas.

O Yorkshire tem pelagem macia, lisa e longa, parecendo cabelo humano, e chegando a 37 cm de comprimento. De coloração azul-aço brilhante e fulvo um amarelo tostado, é delgado e delicado, e tem cabeça pequena de focinho não muito longo e nariz preto. Tem olhos escuros, vibrantes e de expressão inteligente, orelhas em forma de V, eretas e pequenas, cauda de pelagem abundante e pesa entre 2,3 e 3.5 kg.

Entre os problemas de saúde mais comuns do “yorkie” estão: dentição dupla, formação de tártaro e perda dentaria precoce, fechamento tardio da “moleira”, problemas de joelho, hidrocefalia, alopecia principalmente na ponta das orelhas e perda, luxação de patela, problemas cardíacos e colapso de traqueia.

Uma grande curiosidade do Yorkshire é que nasce de pelagem quase toda preta que se modifica para a coloração padrão até um ano de idade.

Dica: Agosto 15 comemoramos o dia para verificar o chip no seu pet. Se o seu pet não tem um microchip, é para já, não deixe para o próximo mês, é muito rápido e fácil. Também não esqueça de atualizar o registro do microchip.

O intuito desta matéria é ajudá-lo no planejamento da escolha da raça do seu próximo cachorro. Leia e estude sobre as raças que você tem interesse. E procure orientação profissional. Tente visualizar e planejar a sua vida e do seu pet pelos próximos 10-15 anos. Prepare sua casa e sua rotina para a entrada do seu novo companheiro. Nas próximas edições estaremos falando sempre de uma raça diferente. Visite a seção PET do site Acontece.com e navegue por vários temas relacionados. Caso tenha alguma raça de interesse ou dúvida mande um e-mail. Até a próxima!

Drª. Cecilia Magalhães é médica veterinária há 39 anos. Atende em domicílio. E-mail: info@vethomeexpress.com | vethomeexpress.com | (954) 243-0269 | facebook.com/vethomeexpress | instagram.com/vethomeexpress/

Comente

Clique aqui para comentar

Advertisement

Agenda de Eventos Acontece

Taxa de câmbio

CurrencyRate

Advertisement

You cannot copy content of this page

X
X