Economia

Catar: entenda como um país tão pequeno pode ser tão rico

Sending
User Review
0 (0 votes)

Ascensão econômica do país foi meteórica nos últimos 50 anos

Com 11.437 km² de território, o Catar seria o menor estado brasileiro. Apesar de ser muito pequeno, o país do Oriente Médio convenceu a Fifa de que seria uma ótima sede para a Copa do Mundo de 2022 e de que valia a pena mudar a época de disputa da competição pela primeira vez na história. Ao invés de ocorrer no meio do ano, quando as temperaturas chegam a 50°C, o Mundial será nos meses de novembro e dezembro.

A explicação para um país tão pequeno e sem tradição no futebol sediar a Copa do Mundo é muito simples: poder econômico. Dono do maior PIB per capita do planeta, são poucos os países mais ricos que o Catar. 

Anteriormente, o Brasil era quem tinha investido mais para organizar o Mundial: foram US$ 15 bilhões destinados para o evento em 2014. Para 2022, os cataris despenderam US$ 229 bilhões. 

Por que o Catar é tão rico?

Sob dinastia da família Al Thani desde 1825, o Catar era controlado pelo Império Otomano até a Primeira Guerra Mundial, finalizada em 1919. Devido ao conflito, o país se tornou um protetorado britânico, e a família ganhou autonomia para governar. A partir da década de 30, começaram a ser descobertas grandes reservas de petróleo na região. 

A exploração do petróleo, no entanto, demorou a engrenar, e só acelerou mesmo a partir dos anos 70, quando o país conquistou sua independência da Inglaterra e a empresa Qatar Petroleum assumiu a administração das explorações. 

Este foi um marco na economia catari, cujas principais atividades eram a pesca e a extração de pérolas realizadas por uma população pobre.

Na mesma época, a nação do Oriente Médio descobriu outra fonte de riqueza: o maior campo de gás natural do planeta foi encontrado no território catari. A área só passou a ser explorada quando o emir Hamad bin Khalifa al Thani deu um golpe em seu pai e assumiu o poder. O país passou a crescer ainda mais e hoje tem uma balança comercial de mais de US$ 30 bilhões positivos. 

O Catar além do petróleo

Consciente da importância de diversificar a economia e não depender somente de recursos naturais limitados, o governo catari realizou investimentos em fundos, empresas, moedas e imóveis que já ultrapassam os US$ 380 bilhões. 

O destaque internacional adquirido pela organização da Copa do Mundo pode impulsionar, inclusive, o turismo no país.Apesar das leis e dos costumes muito diferentes em relação ao Ocidente, certamente, a riqueza e o luxo abundantes no Catar atrairão turistas nos próximos anos. Nesse sentido, a Black Friday pode oferecer passagens aéreas e pacotes de viagens mais atrativos para o bolso.

Advertisement

Agenda de Eventos Acontece

Taxa de câmbio

CurrencyRate

Advertisement