Geral Vida & Saúde Vida e Saúde

Amor-Próprio e Inteligência Emocional: A chave para um Valentines Day transformador!

Contabilidade
Sending
User Review
0 (0 votes)

Você pode estar pensando: “A inteligência emocional resolve tudo?” Sim, porque ela trabalha com uma das coisas mais importantes para qualquer ser humano: o autoconhecimento. A junção do autoconhecimento com o gerenciamento de suas emoções faz com que duas coisas aconteçam: ou você fortalece a sua relação amorosa atual, ou se você está só, se prepara para receber um amor verdadeiro na sua vida.

E neste mês de fevereiro, aqui nos Estados Unidos, celebramos o Valentine’s Day. Vamos encher esta revista de dicas para que você possa melhorar a sua vida afetiva, aprimorar a relação com essa pessoa que você escolheu ter ao seu lado e, se você ainda não tem essa pessoa, para que você esteja preparado para que essa pessoa chegue em sua vida de uma forma definitiva.

Todos nós sabemos que vivemos uma montanha-russa de emoções diárias, e isso também ocorre em nossa vida e nas relações. Falo por experiência própria, pois vivi muitas vezes relações conturbadas por não ter tomado o tempo para entender meus traumas, minhas crenças, ou não ter dedicado tempo para o meu autoconhecimento, para saber gerir as minhas emoções, conhecer os meus limites e, mais do que tudo, dar o amor principal que é o amor por mim mesma.

Então, neste mês de fevereiro, quero, com muito amor, que você aprenda neste Valentine’s Day o que é o amor-próprio. Porque antes de querer encontrar um outro amor para a sua vida, “você tem que ser o amor da sua vida!”. Se nem você se amar, não pode esperar que o outro preencha o amor principal que você mesmo não preencheu. Às vezes, terceirizamos para outras pessoas o preenchimento daquilo que negligenciamos a vida inteira: o nosso amor-próprio.

E como podemos trabalhar o nosso amor-próprio? O primeiro passo é parar e se autoconhecer. Depois disso, quando entendermos quem verdadeiramente somos, olhamos sem máscaras para as nossas debilidades, entendemos que somos carregados de traumas que vem da infância, de uma criança ferida que às vezes não se curou. Entendemos que temos limitações, as aceitamos, e, mais do que isso, entendemos e reconhecemos o ser humano único, excepcional e merecedor das melhores que a vida tem a oferecer.

Não é um trabalho simples que fazemos em 10 passos, é um trabalho diário que demanda muita atenção e disciplina. Mas eu te garanto que trará ganhos ilimitados. Então, você pode perguntar: “Como faço isso?” OK, parei, me autoconheci, entendi quais são os meus limites, o que gosto, o que não gosto. E agora, como trabalho mais o meu amor-próprio?

Entenda que não são metades mas dois inteiros que fazem o amor verdadeiro – Foto: Pixabay

Inicie se afastando de relações tóxicas e, mais do que isso, vai entender se, por causa de todas as coisas que aconteceram em sua vida, você também não se tornou uma pessoa tóxica. Trabalhe todos os pontos para ser uma pessoa agradável porque, como falei, às vezes, por todas as coisas que acontecem na vida, nos tornamos pessoas tóxicas porque fomos muito machucados. Deixamos de acreditar nas pessoas, começamos a não ser pessoas agradáveis porque dentro de nós há tanto lixo que foi deixado ali. Não nos respeitamos, nos tornamos praças públicas onde as pessoas vão jogar seu lixo porque afinal, não nos amamos de verdade. E tudo isso que está dentro de nós, acumulado, acaba saindo porque, como diz o ditado, a boca só fala o que tem dentro da gente. Sugiro que faça essa limpeza se permitiu ser um depósito de lixo dos outros. Uma boa forma de observar se você, tornou-se uma pessoa toxica é observar se ultimamente as pessoas se aproximam ou se afastam de você.

Busque coisas que alimentem a sua alma e que te fortaleçam como ser humano. Bons ambientes, boas amizades, ouça músicas que elevem o seu espírito, assista a filmes, leia livros que encham o seu ser como pessoa. Se gosta de ganhar flores, seja a primeira pessoa a se presentear com flores. Leve-se para passear, tome um café consigo mesma, marque um almoço com essa pessoa excepcional que você é. Goste da sua companhia.

Às vezes, nós, seres humanos, complicamos muito a vida e achamos que existem fórmulas mágicas para coisas muito simples. O maior segredo é cuidar do seu jardim, e as borboletas virão. Quando cuidamos com amor de nós mesmos, quando nos cuidamos nos detalhes, quando reconhecemos nosso valor como seres humanos únicos, atraímos naturalmente o amor e boas relações. Este mês, em especial, dedicado ao Valentine’s Day, é uma oportunidade para aprimorar a vida afetiva.

Quando você cuida de si nos detalhes, imaginando que é um templo sagrado, e cuidar do seu corpo, da sua mente e da sua alma, você começa a se amar. Ao entender isso, você se torna uma pessoa agradável e, naturalmente, o amor flui em sua direção – seja o amor da sua vida. E entenda que as pessoas vão querer estar perto de alguém que está completo e se ama, porque quando você se ama, tem tanto amor que irradia para todos ao seu redor. Portanto, neste Valentine’s Day, comprometa-se a cuidar do seu jardim, porque isso também é uma prática de inteligência emocional. Ao se amar, você não mendiga migalhas de amor, e não precisa mais da validação dos outros, pois você escolhe estar com alguém porque essa pessoa te faz bem, não por necessidade.

Valentine’s Day mais do que uma celebração externa, um marco interno de amor-próprio – Foto: Pexels

Ao seguir esse checklist, melhore sua relação atual ou prepare seu jardim para receber uma borboleta única, o amor verdadeiro.
Checklist de Amor Próprio:

  1. Dedique-se ao autoconhecimento.
  2. Reconheça e aceite suas limitações e traumas.
  3. Cultive o amor-próprio e a autoaceitação.
  4. Afaste-se de relações tóxicas.
  5. Busque atividades que nutram sua alma.
  6. Presenteie-se e aproveite sua própria companhia.
  7. Trabalhe para ser uma pessoa mais agradável e menos tóxica.
  8. Limpe o lixo emocional acumulado.
  9. Cuide do seu “jardim” interno.
  10. Ame-se primeiro para atrair um amor verdadeiro.

Que este Valentine’s Day seja mais do que uma celebração externa, mas um marco interno de amor-próprio. Afinal, cuidar de si mesmo é a essência da inteligência emocional.

Por Rebeca Macedo

Advertisement

Agenda de Eventos Acontece

Taxa de câmbio

Taxas de câmbio USD: dom, 21 abr.

Advertisement

Advertisement

Categorias

plugins premium WordPress

You cannot copy content of this page