News

Reféns do TikTok

Sending
User Review
0 (0 votes)

Qual o impacto essa plataforma traz a saúde mental de crianças e jovens se usada em excesso

A ascensão das mídias sociais transformou a maneira como as crianças e jovens interagem com o mundo, e o TikTok emergiu como uma das plataformas mais populares entre jovens usuários.

Embora o aplicativo tenha proporcionado uma plataforma criativa para entretenimento, também suscitou preocupações significativas sobre o impacto na saúde mental das crianças e jovens que usam em excesso.

O TikTok cria uma base de dados a partir do usuário na infância, onde em vez de brincar as crianças apenas assistem outros usuários a fazer dancinhas, abrir presentes e consomem conteúdo por horas.

Apesar de ser uma plataforma criativa, seu formato rápido e atraente contribui mais para distorções de contexto, autoestima e excesso de consumo.

Estudos globais e especialistas em todo mundo alertam para os desafios significativos na saúde mental das crianças e jovens quando usado o tempo todo. E quais são elas?

Comparação Social:

O TikTok frequentemente exibe vidas aparentemente perfeitas e padrões inatingíveis, levando a comparações sociais negativas. Crianças podem se sentir inadequadas ao comparar sua vida real com os destaques perfeitos compartilhados por outros usuários.

Na real, estamos falando de crianças sendo induzida ao consumismo desde cedo e proporcionando um cenário que nem mesmo a inteligência artificial vai dar conta, pois estamos construindo futuros cidadãos que não conseguirão nem fazer uma pergunta sem ver o que alguém postou antes nas redes.

Pressão para Performar:

A busca pela validação online pode gerar ansiedade e pressão para criar conteúdo popular e atrair seguidores. Isso causa estresse emocional e impacta na autoestima das crianças e jovens, facilitando o ambiente para crimes virtuais e predadores.

Tempo Excessivo Online:

O design viciante do TikTok pode levar as crianças a gastarem horas intermináveis ​​rolando e assistindo vídeos. Isso pode afetar negativamente seu tempo de estudo, sono e interações sociais no mundo real.

Cyberbullying:

A interação anônima e a rápida propagação de conteúdo podem facilitar o cyberbullying. Crianças podem enfrentar comentários negativos, insultos ou assédio online, afetando sua saúde emocional.

E qual é o caminho para evitarmos mais reféns de TikTok?

A conscientização e a moderação são fundamentais para garantir que o TikTok seja usado de maneira saudável e positiva por maiores de 13 anos como diz a plataforma.

Definir Limites de Tempo e idade: Estabeleça um limite diário ou semanal para o tempo gasto no TikTok. Isso ajudará a garantir que as crianças não estejam exagerando na utilização da plataforma e tenham tempo para outras atividades importantes.

Promover o Equilíbrio: Incentive uma variedade de atividades offline, como esportes, leitura em livro de papel e arte.

Isso ajuda a equilibrar o tempo gasto online e offline.

Fomentar Conversas Abertas: Mantenha um diálogo aberto com as crianças sobre seu uso do TikTok. Pergunte o que estão assistindo sem julgamentos. Encoraje-as a compartilhar suas experiências e sentimentos em relação à plataforma, para que possam receber apoio quando necessário.

Ensinar Pensamento Crítico: Ajude as crianças a desenvolver habilidades de pensamento crítico para avaliar o conteúdo que consomem no TikTok. Discuta a autenticidade e as expectativas realistas em relação ao que é compartilhado. Em caso de conteúdo improprio, bloquear e denunciar a plataforma.

Promover a Autoestima: Reforce a importância da autoestima e do amor-próprio independentemente das métricas de popularidade online. Ajude as crianças a entender que a verdadeira valia não está ligada ao número de seguidores ou curtidas.

Desconectar antes de Dormir: Estabeleça uma regra de desconectar do TikTok e de outras mídias sociais pelo menos uma hora antes de dormir. Isso ajuda a melhorar a qualidade do sono e a reduzir o impacto no ritmo circadiano. Os pais atentos recomendam-se uso de controle parental para bloquear acesso nesse período.

Modelar Comportamentos Saudáveis: Como pai, mae ou responsável, seja um modelo de comportamento saudável em relação ao uso de mídias sociais. Demonstre como equilibrar a vida online e offline de maneira positiva.

O TikTok tem um impacto significativo na saúde mental das crianças e tem contribuído muito para problemas como comparação social, pressão para performar e dependência online.

No entanto, a orientação sobre quem usar, quando usar e como usar é de responsabilidade dos pais, mães e responsáveis das crianças. Vamos educar as novas gerações para usar a tecnologia sem adoecer?

Maria Augusta Ribeiro é especialista em comportamento digital e Netnografia no Belicosa.com.br

Advertisement

Agenda de Eventos Acontece

Taxa de câmbio

Taxas de câmbio USD: ter, 18 jun.

Advertisement

Advertisement

Categorias

You cannot copy content of this page