Vida e Saúde

Óculos de camelô: Quais os perigos para a sua visão?

Sending
User Review
0 (0 votes)

Apesar de barato, o uso óculos falsificados pode trazer uma série de problemas de visão; entenda

Foto: Marcelo Carnaval

Segundo dados da Associação Brasileira da Indústria Óptica, o Brasil produz cerca de 7 milhões de óculos falsificados por ano. Ao todo a fabricação do óculos é de 24 milhões por ano e, de acordo com os especialistas, o principal motivo para a escolha do produto pirateado está no preço. Segundo reportagem do jornal O Globo, o produto tem uma média de preço que varia entre  R$ 10 a R$ 70 no país. 

A longo prazo, o uso desses produtos pode causar problemas oculares que vão de dores de cabeça até cataratas e danos gravíssimos à visão.Porém, nem todas as pessoas sabem sobre os perigos de utilizar óculos falsificados. Afinal, elas acabam buscando esses produtos por encontrarem neles uma alternativa mais em conta e que parece segura. Ou seja, é um barato que sai caro.

O que é um óculos falsificado?

Os óculos falsificados podem até parecer seguros, porém, eles apresentam problemas que são impossíveis de se ver a olho nu.

Óculos de grau comprados no camelô podem até ter um grau correspondente ao receitado pelo oftalmologista. Porém, não é apenas o grau que deve ser considerado na hora da compra de um óculos: existem outras especificações, como a distância entre o nariz e a pupila e o grau de astigmatismo, que também devem ser levadas em conta em um óculos de grau.

Além disso, apesar da etiqueta do óculos indicar que ele possui um determinado grau, quase sempre esse grau não é exatamente o que o oftalmologista recomendou ao paciente. Assim, existe a chance do paciente que comprou esse óculos passar a usar um grau maior ou menor do que o necessário para sua visão.

Os óculos escuros falsificados não escapam desse problema: eles não possuem a proteção necessária contra raios ultravioleta, ou seja, deixam de proteger os olhos dos pacientes, perdendo sua principal função.

Quais os danos que eles oferecem à saúde ocular?

Os danos que os óculos falsificados oferecem à saúde ocular são extensos, mas existem cinco que merecem atenção especial.

Dores de cabeça

Assim como dores de cabeça podem estar relacionadas à falta de óculos, elas também podem estar relacionadas ao uso incorreto deles. Não por acaso, uma  pesquisa realizada por COI Oftalmologia mostra que a dor de cabeça é um dos principais sintomas que levam as pessoas a um oftalmologista

O estudo também aponta que a população só costuma ir ao médico em casos de emergências. Por isso, é necessário estar atento às dores de cabeça que surgem quando se usa o grau errado de óculos — um problema muito comum em óculos falsificados: apesar de serem de leve intensidade, elas podem prejudicar a qualidade de vida de quem tem que lidar com elas.

Distorção de imagem

Outro problema causado pelos óculos falsificados é a distorção de imagem. Ela se dá devido ao grau errado das lentes, somada à baixa qualidade dos materiais usados e, apesar de parecer um problema inofensivo, pode até mesmo causar acidentes.

Isso porque a distorção de imagem não se limita apenas a pequenos objetos, mas também à ambientes, prejudicando a noção de tamanho e direção das pessoas. Por exemplo, um degrau pode parecer mais longe do que ele realmente está e isso pode ocasionar em uma queda que, por sua vez, pode se transformar em um problema ainda maior.

Aumento do grau

As lentes falsificadas não irão agir para a aliviar ou para ajudar na manutenção do problema de visão. Ou seja, é como se o paciente não estivesse tratando de uma ferida: ela vai aumentar até que ele comece a cuidar dela.

No caso dos olhos, o uso de um grau errado nas lentes do óculos — que age como se fosse um curativo para a ferida — pode levar ao aumento do grau.

Catarata

60% dos casos de perdas de visão no mundo são causados por cataratas e o que é mais surpreendente é que 75% desses casos poderiam ter sido evitados com prevenção e tratamento adequado.

Uma das maneiras de prevenir o aparecimento de cataratas — que, a mesma pesquisa realizada por COI Oftalmologia, são um dos principais problemas de visão que levam os brasileiros a se consultar com oftalmologistas — é evitar o uso de óculos falsificados, sobretudo o de óculos escuros de camelo.

Esses óculos não possuem proteção contra raios ultravioletas e até mesmo potencializam o contato desses raios com os olhos, o que pode causar a queimação da retina e cataratas. Outros problemas trazidos por esses óculos são degeneração macular e melanoma ocular.

Ocultação de outros problemas

Toda a distorção causada pelos óculos falsificados pode mascarar problemas mais graves. Ou seja, ou a visão distorcida que é sintoma de glaucoma ou uma dor de cabeça causada por uma doença podem ser confundidas como um simples problema causado pelo óculos falsificado.

Como saber se o óculos é falso?

A melhor maneira de garantir que o óculos é verdadeiro e feito sob medida para as necessidades do paciente é comprar o óculos em uma ótica. Esses locais são especializados em manipular lentes e garantir a qualidade necessária para cuidar destes órgãos tão importantes.

Por isso, ao se consultar com o oftalmologista, vale a pena perguntar para ele quais são as óticas de confiança recomendadas por esse especialista.

Além disso, é fundamental consultar regularmente o médico oftalmologista, já que esse profissional é responsável pelo acompanhamento da evolução do tratamento ocular.

Afinal, quando se trata da saúde dos olhos, todo cuidado é pouco.

Advertisement

Agenda de Eventos Acontece

Taxa de câmbio

Taxas de câmbio USD: seg, 6 fev.

Advertisement