Vida e Saúde

Novembro Azul: infertilidade impacta saúde mental e física

Sending
User Review
0 (0 votes)

Problema envolve estigma social e faz com que homens demorem a buscar ajuda, o que pode piorar o quadro

Azul é a cor de novembro, uma iniciativa global em prol da saúde do homem. O objetivo é chamar a atenção de homens sobre a importância do cuidado com a sua saúde. A saúde reprodutiva do homem está entre os aspectos que também impactam substancialmente a saúde física e emocional dos homens, e são por muitas vezes negligenciada. Segundo o andrologista da Clínica Origen, Rodrigo Spínola, 15% dos casais apresentam dificuldade de engravidar. Entre esses, de 40% a 50% das causas da infertilidade estão relacionadas ao homem.

O médico explica que essa é uma questão que ainda envolve estigmas sociais e tabus, o que leva à busca tardia por tratamento. “Alguns homens associam a infertilidade a problemas sexuais, como a disfunção erétil, por exemplo. Embora esse seja um mito, por vergonha ou desconhecimento muitos homens demoram a procurar ajuda, o que retarda o tratamento da infertilidade masculina”.  

Quando o casal está tentando engravidar por pelo menos seis meses sem sucesso e a mulher tem mais de 35 anos é preciso investigar o casal simultaneamente, isso inclui, portanto, uma consulta com urologista para uma avaliação cuidadosa. Para chegar ao diagnóstico, é necessário investigar a história clínica do paciente e alguns fatores de risco, como uso de medicação, de anabolizantes e a adoção de alguns hábitos que impactam negativamente a qualidade de vida, como o tabagismo e o sedentarismo. Além disso, há atividades laborais que podem levar à queda de espermatozoides, como exposição ao calor excessivo e exposição a produtos químicos nocivos, caso de solventes à base de benzeno, pesticidas e produtos radioativos.

Dependendo de cada caso, exames direcionados auxiliam no rastreamento da condição de saúde do paciente para confirmação do quadro, como o espermograma, exames hormonais, ultrassonografia testicular, além de exames genéticos e outros que serão individualizados em cada caso. Já os tratamentos vão depender da causa.  Existem uma gama de tratamentos que podem auxiliar e até mesmo reverter o quadro, mas não existe uma receita única padrão. “Cada paciente vai ter um tratamento diferente e com taxa de sucesso diferente”, ilustra.

Dente as diversas causas, a varicocele é uma das que mais frequentemente estão associadas a infertilidade masculina. A varicocele pode ser totalmente assintomática, tendo como única manifestação às alterações no espermograma, por isso o homem pode nem saber que tem. Outros sintomas que ligam o alerta são a dor e a presença de varizes nos testículos. Mas o médico alerta. “Ter varicocele não indica que o homem terá, obrigatoriamente, problemas de infertilidade. Por isso, a avaliação clínica é muito importante”, orienta. Além disso, a varicocele é uma causa tratável de forma cirúrgica, com taxas de sucesso muito boas!

Ele conta que a Clínica Origen oferece tratamentos que vão desde o aconselhamento e otimização do estilo de vida, prescrição de vitaminas e medicações, e cirurgias, até mesmo medidas mais complexas, que envolvem a recuperação de espermatozoides por biópsia do epidídimo ou do testículo, nos casos de pacientes azoospermico (ausência de espermatozoides no ejaculado) tratados por fertilização in vitro (FIV). Avaliar a saúde reprodutiva e quando possível tratar o homem antes de uma FIV, otimizam as taxas de sucesso do casal, em realizar o seu grande sonho. Por isso, cuidar da saúde do homem também envolve cuidar da saúde reprodutiva.

Advertisement

Agenda de Eventos Acontece

Taxa de câmbio

Taxas de câmbio USD: qui, 22 fev.

Advertisement

Advertisement

Categorias

You cannot copy content of this page