Literatura

Livro retrata vida de criança imigrante nos EUA

Sem Palavras, livro premiado, foi publicado em inglês e português, e retrata a jornada de uma criança brasileira no exterior

O que acontece com um menino de oito anos de idade que se muda para um novo país e agora precisa se adaptar a uma cultura diferente e aprender um outro idioma?  

Sem Palavras retrata este cenário através de Luiz, o garoto brasileiro que se muda para os Estados Unidos e embarca em uma jornada cheia de dúvidas e descobertas, típica de um imigrante, neste caso, mirim. A realidade aqui se mistura com ficção. O personagem Luiz é inspirado levemente em Louis, o filho de Beti Rozen, coautora do livro ao lado de Peter Hays da obra lançada em inglês (Without Words) e português, pelas editoras Sem Fronteiras Press e Underline Publishing, respectivamente.

Nas páginas de Sem Palavras, o leitor acompanha pelo olhar de um menino o encontro com um novo mundo, onde a comunicação pela linguagem é desafiada e a criatividade chega como uma luz que ilumina este caminho marcado pela dualidade cultural.

A escritora brasileira Beti Rozen sentiu na pele essa transição com sua vinda para os Estados Unidos. Seu coautor, o americano Peter Hays, passou por algo semelhante, mas a mudança foi entre estados do mesmo país. Juntos, eles refletiram sobre os imigrantes que ficam divididos entre a adaptação a uma nova vida e a desconexão com o país onde cresceram. “Aprendemos que esse processo de adaptação nos muda, mas também percebemos como nosso lugar de nascimento nos inspira”, afirma Hays.

O livro expressa exatamente isso. O pequeno imigrante está com muita saudade da sua terra natal, seus familiares, seus amigos. Sem falar inglês, ele é incentivado pela professora a expressar seus sentimentos através de desenhos. Em seu diário, começa a desenhar e fica horas e horas produzindo figuras que idealizam sua vida no Brasil. As ilustrações são do saudoso artista plástico Daniel Azulay e provavelmente um dos últimos trabalhos do desenhista. Em uma de suas declarações sobre o Sem Palavras, Azulay considerou o livro politicamente correto para crianças com uma mensagem de alerta importante para os adultos sobre a importância de se combater o preconceito contra imigrantes. “O bullying nas escolas é comum contra crianças e jovens de culturas diferentes, e o livro ajuda na conscientização e na luta para combater este preconceito”, disse o artista.

A combinação das ilustrações de Daniel Azulay e o premiado texto de Sem Palavras só confirmam essa declaração do artista. “Sentimos que Daniel estava muito orgulhoso deste trabalho e agradecemos o quanto ele acreditava nele”, lembra Rozen.

No livro, aos poucos e com a ajuda da sua tia, o menino descobre que nem tudo sobre o Brasil ou sobre qualquer outro país é tão maravilhoso. A mensagem fala diretamente com as famílias bilíngues, que enfrentam no seu dia a dia os desafios da readaptação e do equilíbrio cultural.

Com Sem Palavras, Peter Hays e Beti Rozen esperam alcançar as comunidades brasileiras fora do Brasil, incentivando o aprendizado da língua portuguesa e ajudando o pequeno Luiz que vive em cada uma dessas casas a enfrentar essa jornada de uma forma leve e criativa. A obra também pode beneficiar escolas que incentivam a educação bilíngue e grupos de interesses profissionais e especiais brasileiros-americanos. 

Sem Palavras, que ganhou um concurso literário patrocinado pelo Consulado Brasileiro de Boston e a revista Alternativa, pode ser adquirido tanto nas versões em inglês como em português na loja virtual da Sem Fronteiras Press (www.semfronteiraspress.com).


SOBRE OS AUTORES:
Beti Rozen
  é uma autora brasileira do Rio de Janeiro, vivendo nos EUA, com seu trabalho publicado (contos infantis e poesias) em diversas antologias na Europa e Brasil e revistas infantis em Israel e China. O conto “Robinho, o Robozinho” foi vencedor do concurso literário Piensieri & Parole, da Associação Cultural Internacional Mandala, na Itália. E o conto “Sem Palavras”, vencedor de outro concurso literário nos EUA, promovido pelo Consulado do Brasil em Boston, originando o livro Without Words (publicado em português em 2020). Em 2016, ela recebeu o Brazilian International Press Award de literatura e cultura nos Estados Unidos e, em 2018, a medalha Machado de Assis, da Brazilian Endowment for the Arts, em Nova York. Autora dos poemas “Paz” e “Perda”, musicados para o livro e CD Estrelas: Literatura Poética Musical, produzido por Jô Mendonça Alcoforado. Possui diversos livros infanto-juvenis editados nos Estados Unidos, Brasil e Colômbia, incluindo Dois Continentes, Quatro Gerações (disponível em inglês, português e espanhol), inspirado nas entrevistas que a autora fez com sua Tia Ester, irmã mais velha de seu pai, que deixou a Polônia em 1939. Representante Internacional da Rede Sem Fronteiras.

Peter Hays  tem uma longa formação no teatro como eletricista, carpinteiro, gerente literário e dramaturgo.  Recebeu uma Bolsa de Dramaturgia do Conselho Estadual de Artes de Nova Jersey.  Além de escrever várias peças para adultos, Peter coescreveu muitas histórias infantis com sua esposa Beti Rozen.  Um dedicado guitarrista e colecionador de guitarras, Peter dá aulas de violão para crianças e adultos.

SOBRE A SEM FRONTEIRAS:
A Sem Fronteiras Press existe desde 1994, lançando livros somente em inglês, porém faz parcerias e edita em português no Brasil e em espanhol na Colômbia (outras editoras). É uma editora dedicada à produção de livros infanto-juvenis que celebram o Brasil: seus artistas, sua história diversificada, sua rica cultura e as experiências dos imigrantes brasileiros espalhados pelo mundo. Frequentemente os livros trazem temas espirituais, mas não são livros religiosos. Como uma pequena editora americana de mais de 20 anos, tem trabalhado com alguns dos melhores ilustradores brasileiros, muitos deles conhecidos na Europa, mas não nos Estados Unidos. Através de outras editoras no Brasil e na Colômbia, os livros também estão disponíveis em português e espanhol. Distribui os títulos em português e espanhol em feiras e no site www.semfronteiraspress.com

SOBRE A UNDERLINE PUBLISHING:
A Underline Publishing é uma editora norte-americana criada em 2018 pela escritora brasileira Nereide Santa Rosa. Seu catálogo é composto por obras de ficção e não-ficção em literatura infantil e juvenil, ensaios, biografias e romances.   A missão da Underline Publishing LLC é a disseminação de conhecimento científico, artístico e cultural para todas as idades, publicando livros de literatura, arte e cultura em geral em inglês, português e espanhol, inclusive de autores brasileiros e latino-americanos residentes, ou não, nos Estados Unidos.

You cannot copy content of this page