Vista da Baía de Funchal - Crédito: Turismo de Portugal
Turismo

Ilha da Madeira e sua beleza natural inesquecível

Sending
User Review
0 (0 votes)

A Ilha da Madeira é uma região autônoma de Portugal frente à costa noroeste de África. De origem vulcânica, a região tem formações rochosas, grandes vales e montanhas, águas em tons deslumbrantes de azul e uma extensa área verde que recobre todo o lugar. Aliás, o verde por lá é tão excepcional que parte da vegetação nativa, conhecida como Floresta Laurissilva, foi declarada em 1999 Patrimônio Natural da Humanidade pela UNESCO.

A Ilha da Madeira foi conquistada por Portugal na primeira metade do século XV. É um pequeno paraíso que há décadas encanta viajantes de todo o mundo em busca de intenso contato com a natureza. Já foi eleita diversas vezes como “Melhor Destino Turístico Insular” da Europa e do mundo pelo WTA – World Travel Awards.

Diversas são as maneiras de curtir a conhecer a Ilha da Madeira, mas todas as opções tem algo em comum: muita beleza natural e paisagens de tirar o fôlego.

A Madeira é famosa pelas trilhas que cortam toda a ilha e permitem ver a exuberante natureza da região bem de perto. Há mais de 2 mil km de trilhas para serem percorridas a pé ou de bicicleta, incluindo algumas que margeiam os canais por onde corre água em toda a ilha, chamadas de “levadas” – algumas das mais famosas são Levada dos Balcões, Levada das 25 Fontes e Levada do Caldeirão Verde. Já as trilhas comuns (que não estão à margem dos canais) são chamadas de “veredas” e levam a paisagens espetaculares, como o topo do Pico Ruivo (o ponto mais alto da Madeira).

Pico Ruivo – Crédito: AP Madeira
Pico Ruivo – Crédito: AP Madeira

Outro passeio que vale muito a pena na Madeira é para conhecer a Reserva Natural da Ponta de São Lourenço, uma das mais belas vistas da amplitude da ilha. Caminhar pela Ponta de São Lourenço permite ver tanto a Costa Sul quanto a Costa Norte da Madeira, além da Ilha do Porto Santo e as Ilhas Desertas. Outra maneira de ver a Ponta de São Lourenço é em passeios pelo mar. Muitas rotas para observação de baleias e golfinhos passam pela região. Durante o verão é possível até parar a embarcação nos arredores da península para um mergulho. Vale ir de lancha, catamarã, iate e até caravelas que reproduzem as embarcações de antigamente.

Ponta de São Lourenço – Crédito: AP Madeira
Ponta de São Lourenço – Crédito: AP Madeira

Já as praias são uma atração à parte e um pouco diferentes de outras da costa do continente português. No arquipélago da Madeira há diversas praias em diferentes ilhas e a formação vulcânica da região proporciona características muito especiais à região. No lugar da areia branca, as praias possuem grandes pedras roliças, outras com areia bem escura e algumas com areia amarela. A paisagem costuma ser cercada por montanhas ou belas falésias e o mergulho muitas vezes é garantido por barreiras artificiais que tornam o mar menos perigoso. As piscinas naturais também são famosas por lá. Uma das mais emblemáticas são as Piscinas Naturais de Porto Moniz. Encravadas na rocha vulcânica e praticamente dentro do mar, suas águas são renovadas a cada onda.

Se tem uma coisa que encanta a todos os turistas na Madeira, são as paisagens espetaculares possíveis de contemplar de diversos miradouros ou passeios de teleféricos. E neste quesito, há atrações para todos os gostos, desde mirantes que possibilitam uma maravilhosa vista para o mar, quanto outros que permitem ver o interior montanhoso da ilha.

Mas a Madeira não tem seus encantos somente nas paisagens naturais. Funchal é a cidade mais populosa da Madeira e onde está a maior concentração de hotéis, restaurantes e lojas. Uma dica valiosa é percorrer o máximo dos percursos a pé para apreciar cada detalhe: os casarios históricos são lindos e o calçamento de pedras portuguesas completa o charme local. É também na cidade que estão os mais famosos e curiosos “carros de cestos”, tradição que faz parte da história do local desde 1850. Antes usados no transporte de moradores, hoje os cestos de vime montados sobre patins gigantes são destinados à diversão dos turistas. Movidos pelos carreiros (dois homens que fazem o papel de pilotos do cesto), os carros descem ladeira abaixo e tomam velocidade a cada empurrão dos pés dos condutores. O teleférico do centro do Funchal leva até o ponto de partida dos carros de cesto, aos pés da Igreja do Monte. Além de divertido, é uma maneira bem mais rápida e emocionante de descer os 2 km da ladeira.

Carros de Ceso na Madeira – Crédito: AP Madeira
Centro de Funchal – Crédito: AP Madeira

Como chegar à Ilha da Madeira

Não há ligação da Ilha da Madeira com o continente por via terrestre e a maneira mais comum e prática de chegar até lá é com um voo direto de Lisboa para a cidade do Funchal. O voo a partir da capital portuguesa tem apenas 1h30 de duração, com diversas opções de horário por dia. Uma outra alternativa é voar até Porto Santo, ilha vizinha, de onde saem, diariamente, embarcações.

Advertisement

Agenda de Eventos Acontece

Taxa de câmbio

CurrencyRate

Advertisement