Culinária Turismo

Experiência inusitada: como passar 1 dia na “Little Havana”

Por Mikaela Paim. A única brasileira sommelière de vinhos, especialista em todos os tipos de bebidas alcoólicas, água, chá café, azeites, charutos e técnicas multissensoriais, com mais de 15 anos de carreira na área gastronômica. @mikaelapaim - www.mikaelapaim.com
Sending
User Review
0 (0 votes)

Trabalhar com gastronomia e ser sommelière de bebidas me permitiu conhecer diversas culturas e viajar por muitos países, aperfeiçoando meus conhecimentos técnicos. Sempre gostei de fazer isto de forma imersiva para compreender a totalidade de um país e algumas regiões.

E foi em 2006 que fiz uma viagem à Cuba, onde, por 42 dias, conheci a Ilha de Norte à Sul. Nos primeiros dias, me divertindo em praias paradisíacas com águas do mar do Caribe e os majestosos hotéis 5 estrelas que muito bem recebem os turistas, resolvi desbravar a Ilha com uma moto 50 cilindradas alugada. Aí sim, pude conhecer a realidade, histórias e vivenciar essa rica cultura de forma mais profunda.

Anos depois em uma visita à Miami, em 2009, caminhando pelas ruas, uma música animada e à mim conhecida me chamou atenção e fui seguindo até encontrar uma pequena Havana cheia de cores, aromas, sabores e arte à cada passo. Logo percebi que por horas não ouvia sequer uma palavra em inglês, mesmo estando nos Estados Unidos. Entre descobertas, mojitos e muita alegria, me senti em Cuba novamente e, quando percebi, já estava fumando um charuto e ouvindo histórias dos moradores locais.

Entre uma bebida e outra, eles me contaram sobre o intenso regime político, onde muitos cubanos tiveram que abandonar suas casas e fugir de seu país. A proximidade geográfica com Miami e o clima quente e agradável muito parecido com Cuba, tornou aquele bairro, um novo lar – e ali foram acolhidos e se sentiram felizes novamente. Mas faltavam uma coisa: sua rica cultura cheia de aromas, sabores, cores, muita música e arte. E com o passar do tempo e a união desses moradores, transformaram o bairro em uma “Little Havana”, nome em homenagem a capital de Cuba, em um lugar de hospitalidade e alegria.

Suas características autênticas e descontraídas destoam dos bairros mais refinados, mas fascinam qualquer visitante. É muito fácil encontrar esse pedacinho de Cuba, a menos de 10 minutos de carro do Aeroporto de Miami e a 20 minutos de carro de Miami Beach. O bairro “Little Havana” fica bem atrás do bairro Brickell e, ao contrário do que muitos imaginam, o bairro é grande e veio se estendendo conforme novos imigrantes desembarcavam.

Coisas que você não pode deixar de fazer para ter o “Full Experience” neste incrível bairro:

Comece o dia cedo pelo bairro, com roupas confortáveis, para aproveitar cada pedacinho dessa experiência. Eu recomendo que o passeio já se inicie com um bom café cubano e, certamente, já encontrará alguém para um bom papo “spanglish” (e não duvide te oferecerem um charuto antes mesmo do horário do almoço).

Continue suas descobertas caminhando pelas ruas cheias de cores, arte, música e cultura, onde possivelmente encontrará alguma galeria ou até mesmo exposições. Se estiver em março, pode até se deparar com o festival anual de música, “Calle Ocho”, que dura uma semana. E se for a terceira sexta-feira do mês, corra para a Domino Plaza (Calle 8, between 13th and 17th avenue), onde vários artistas se reúnem e promovem apresentações gratuitas. Os parques também são uma opção rica em cultura e no centro de “Little Havana”, você vai encontrar o Cuban Memorial Park com um monumento dedicado à vida dos Cubanos.

Em seguida, já se prepare para o almoço e para os sabores de Cuba. Não deixe de conhecer as típicas bodegas, para provar a comida e hospitalidade desses moradores e se permita viver essa experiência. E claro, que como sommelière de bebidas, logo penso nas harmonizações, com drinks clássicos Cubanos como: Mojito, Daiquiri, Cuba Livre e Piña Colada, que combinam muito bem com o passeio e clima da Flórida.

Após o almoço, a indicação clássica é o sorvete do Azúcar e aproveite para apreciar os senhores disputando dominó no famoso Domino Park, e claro, se você for um jogador, basta pedir com gentileza que certamente serão amigáveis em te convidar à mesa para uma partida.

Em outros parques locais também é possível descansar, realizar pic-nic, meditar e aproveitar o fim de tarde com os amigos e família.
E se possível, não perca a noite típica Cubana. Com diversas opções de restaurantes, vivencie as músicas que são verdadeiras poesias cantadas. Cuba é famosa pela qualidade das músicas e musicistas, com grandes chances se ser convidado a bailar salsa, aproveite! E claro, se for um apreciador de charutos, como eu, aproveite a atmosfera cubana para completar a noite.

E um bônus extra: MOJITO – a história e a receita

Mojito é um coquetel originário de Cuba, à base de rum branco.

Esse coquetel, com mais de 100 anos, tem origem incerta, mas a história mais aceita era contada nos bares cubanos, em especial no famoso “La Bodeguita del Medio”, por ninguém menos que o escritor americano Ernest Hemingway. Segundo ele, o almirante e aventureiro inglês Francis Drake, o primeiro homem branco a aportar em inúmeras ilhas do Pacífico Sul, apaixonado pelos aromas da hortelã, teria sido o primeiro a misturar a planta com as bebidas locais. Mas algo é certo: foi em Havana que esse drink floresceu e se tornou um clássico.

Para preparar um autêntico Mojito você irá precisar:

Ingredientes:

  • 1 ramo de hortelã (cerca de 10 folhas);
  • 1 colher de sopa de açúcar;
  • 60 ml de rum branco;
  • 1 limão (o ideal são 10 ml de suco);
  • gelo para completar o copo;
  • água com gás (dê preferência pelas águas de fonte, e não as gaseificadas artificialmente).

Preparo do Drink:

  • coloque a hortelã no copo, esprema o limão e adicione o açúcar;
  • amasse os três ingredientes sem exagero, para evitar que o sabor fique amargo;
  • adicione o gelo até o limite do copo;
  • adicione o rum (60ml preencherão até a metade do copo);
  • finalize com a água com gás;
  • mexa suavemente com uma colher longa.

Enquanto você não faz sua visita à Little Havana, já pode ir sentindo o gostinho Cubano.
Aprecie e beba com moderação.

Agenda de Eventos Acontece

Taxa de câmbio

Advertisement

You cannot copy content of this page
X
X