Pets

Por que devo instalar um microchip em meu pet?

Sending
User Review
0 (0 votes)

O uso de microchip para cães e gatos já é mundialmente reconhecido como forma de identificação. O microchip é um minúsculo circuito eletrônico, do tamanho de um grão de arroz, que funciona por rádio frequência. Não é um GPS nem tem a possibilidade de rastrear o seu animal de estimação.
Por não usar eletricidade, ele não dá choque ou causa desconforto, não desgasta e tampouco tem peças para serem substituídas, durando a vida inteira do seu pet. É, assim, a melhor forma dele ter assistência para retornar para a família.
O microchip é implantado sob a pele, na área localizada atrás do pescoço, entre as patinhas posteriores. Na instalação, é usada uma seringa similar à de vacinações e que não requer anestesia, já que é completamente indolor. Quando passamos o scanner, o microchip adquire energia suficiente para transmitir um código exclusivo e inalterável que identifica o seu animalzinho.
O registro pode ser feito através de várias companhias, mas o ideal é que você faça com a mesma do microchip implantado. O registro é único pela vida do seu animalzinho. Ainda tem dúvidas se deve ou não colocar no seu pet?
Dica: Pelo menos uma vez por ano atualize as informações do microchip e peça a seu veterinário para escanear e verificar se o microchip é reconhecido. Todos os animais devem usar uma coleira com identificação, mas o microchip é a única forma de informação permanente pois não desgasta ou apaga, não pode ser retirado e também não pode ser perdido.
Boas festas e feliz 2017!
Por Dra. Cecilia Magalhães

Advertisement

Agenda de Eventos Acontece

Taxa de câmbio

Taxas de câmbio USD: qua, 28 fev.

Advertisement

Advertisement

Categorias

You cannot copy content of this page