Business

Seis dicas para impulsionar o seu negócio

Abrir e administrar seu próprio negócio não é uma tarefa fácil, exige muito tempo e uma bela administração para dar conta de tudo. É preciso fazer um planejamento estratégico, controlar o desempenho, ficar de olho no que os concorrentes estão fazendo, ouvir as sugestões e reclamações de nossos clientes, gerenciar nossos colaboradores e ainda promover melhorias de forma contínua para estarmos sempre em evidência.

Com a chegada do novo coronavírus, a forma de consumir mudou muito, assim como o poder aquisitivo e relação entre o que é necessidade e o que é supérfluo, é aí que precisamos entender em que cenário estamos inseridos para pensar além e ter estratégias para impulsionar o  negócio e adequar os processos ao cenário atual.

No momento é preciso se reinventar e otimizar sua empresa, não importa o tamanho do seu negócio, ter também a inovação como uma meta fixa e uma visão de futuro que acompanhe toda essas mudanças de consumo e comportamento dos clientes.

A verdade é que todos estamos vivendo tempos difíceis e precisamos nos adaptar ao novo normal. Mas você não está sozinho e existem formas de colocar tudo nos trilhos. Para auxiliar quem está em busca de acelerar os resultados do seu negócio, eu apresento algumas dicas:

1 – Planejamento – Essencial para todo e qualquer empreendimento, e é o primeiro passo para colocar as demais coisas em prática. Uma empresa sem um bom planejamento está fadada a cometer muitos deslizes. Por isso, é importante planejar como, quando, onde e porque, além dos orçamentos e estratégias. Usar redes sociais? Vendas online? Novos produtos? Fazer uma campanha? Tudo isso precisa de um bom planejamento para alcançar os resultados esperados.

2 – Comunique-se nas redes Sociais – Atualmente, apresentar o seu trabalho ou negócio na internet tem se tornado algo essencial, e, por isso, as redes sociais se transformaram em ferramentas muito importantes para qualquer empreendimento. Mas para isso é importante revisar qual o seu público-alvo para, então, direcionar o seu conteúdo. Por meio das redes é possível reforçar a divulgação dos seus produtos ou serviços e criar campanhas especiais de desconto, pacotes especiais, além de entregas via delivery. A crise expõe a necessidade de as marcas saberem se comunicar e isso pode ser muito positivo. Por conta da quarentena, todo mundo está na internet em busca de produtos e serviços o tempo todo, por isso, mostre resultados concretos, agregue valor, engaje seus clientes com campanhas e conteúdos participativos, seja o diferencial.

3 – E-mail marketing – Uma ferramenta potente para atrair olhares e interesses para o seu negócio, o e-mail marketing pode ajudar a construir uma nova rede de contatos e de potenciais clientes. Para ganhar um lead eficaz, você necessita engajar seu público com conteúdos relevantes e que despertam a atenção para a sua empresa, e mostrar que está presente sempre com soluções e dicas.

4 – Cadê o delivery? Se você ainda não faz entregas, é hora de rever seus conceitos. Sai na frente quem oferece uma experiência completa aos seus clientes. Por isso, seu público precisa saber o que de melhor você tem a oferecer e de que maneira ele terá acesso ao produto ou serviço adquirido. É delivery que chama! O serviço de entrega em domicílio não serve só para restaurante. O mercado deste segmento está cada vez mais diversificado e com muitas oportunidades para quase todos os tipos de negócios e isso pode não só compensar a falta de vendas em lojas físicas, como até mesmo ser um novo braço de atingir públicos mais distantes ou mesmo em regiões mais remotas. Um outro caminho possível é enviar mensagens ofertando serviços especiais como amostra e entrega em domicílio de produtos. Desta forma também é possível ter uma relação mais próxima e frequente com o seu público, consequentemente, tornando sua marca cada vez mais presente.

5 – Paciência, a crise vai acabar – Pode parecer que não, mas a paciência é algo essencial, pois a frase “a pressa é inimiga da perfeição” é uma realidade. Processos levam tempo, e para executar todo o planejamento e estratégias com maestria, é necessário ter calma. Além disso, é fundamental olhar para o atual momento mirando no futuro, ou seja, aproveite agora para rever seu negócio e planejar os próximos passos dele. Faça do momento de escassez um período para envolver seus colaboradores em atualização de dados, cursos de capacitação (existem vários sendo oferecidos de forma gratuita), renovar o espaço de trabalho, criar novos produtos, pensar em novas formas de atendimentos, analisar os pontos fracos para torná-los mais fortes, assim, quando o mercado começar a se recuperar, você terá uma equipe pronta para os novos desafios. Dessa forma, poderá empreender da melhor maneira e alavancar os seus negócios. Transforme a crise em oportunidade e se destaque dos demais.

*Por Bruno Bronetta