Programe-se

Professores ganham homenagem no ‘Como Será?’

Sending
User Review
0 (0 votes)

‘Hoje é dia de professor’ conta histórias de profissionais dedicados a seus alunos. Série ‘Caminhos da Justiça’ visita projeto de Justiça Itinerante no Amapá
O ‘Como Será?’ presta homenagem àqueles que escolheram dedicar suas vidas a ensinar: os professores. O ‘Hoje é dia de professor’ mostra exemplos de profissionais empenhados em exercer a atividade da melhor forma possível. Alexandre Henderson acompanha o trabalho das professoras Daniela e Cristiane. A primeira é professora de Matemática e desperta o interesse dos alunos para a disciplina propondo experimentos práticos e do dia a dia, provando que a Matemática está onde menos se imagina. Já Cristiane acorda às 5h30 para cumprir uma missão muito importante na rede municipal de ensino do Rio de Janeiro: a alfabetização infantil. O apresentador conversa com alunos do curso de Pedagogia sobre as expectativas dos futuros professores com a profissão. Ele aproveita, ainda, a chance de visitar seu antigo colégio na companhia de colegas da época. A turma reencontra antigos mestres que seguem dando aula na escola. No estúdio, Sandra Annenberg conversa com a educadora Bia Gouveia sobre alfabetização.
Em ‘América do Sul sobre rodas’, Max Fercondini e Amanda Richter chegam à Praia de Ayangue, no Equador, uma aldeia de pescadores que transformou a preservação ambiental e o turismo na sua maior fonte de renda. Max mergulha e conhece o Cristo Submerso, colocado lá pelos moradores para chamar a atenção da preservação do local. Enquanto isso, Amanda aprende a cozinhar um prato de lagosta típico da região.
A série ‘Caminhos da Justiça’ explica o funcionamento dos juizados especiais, um importante meio de acesso à justiça, pois permite que cidadãos busquem soluções para seus conflitos cotidianos de forma rápida e gratuita. A repórter Mariane Salerno vai ao Amapá mostrar o projeto Justiça Itinerante. Em um Navio da Marinha, a equipe do órgão montou uma espécie de tribunal flutuante, onde juízes e outros servidores prestam atendimento à população ribeirinha.
O investimento de produtores rurais do Nordeste em caprinocultura é tema do ‘Expedição campo’. O Brasil é o 11º produtor de leite de cabra do mundo, com uma população de 14 milhões de cabras. Bem adaptadas ao clima árido, as cabras já são maioria em várias criações. Renato Cunha visita a fazenda de Elenir, cujo rebanho de 60 cabras é a principal fonte de renda da propriedade. A agricultora mostra os animais e explica como ela vem melhorando a rotina deles, o que se reflete na qualidade do leite e do queijo produzido por ela. Renato também visita o Laboratório de Alimentos da Embrapa em Sobral, no Ceará, para mostrar as tecnologias estudadas para incrementar os produtos derivados do leite de cabra.

Sobre o ‘Como Será?’
‘Como Será?’, parceria do Jornalismo e da área de Responsabilidade Social da Globo com a Fundação Roberto Marinho, tem como objetivo compartilhar com o público experiências transformadoras, exemplos de cidadania e colaborar para a construção de um futuro melhor ao tratar de maneira integrada temas como educação, ecologia, mobilização social, trabalho e inovação. É um espaço para apresentar, conhecer e incluir pessoas e ideias, que conta com a interatividade como grande aliada.
Crédito: Globo/Divulgação
O programa vai ao ar no canal internacional da Globo no dia 15 nas Américas, dia 16, no Japão e Austrália, e dia 22 na Europa e África.

Advertisement

Agenda de Eventos Acontece

Taxa de câmbio

Taxas de câmbio USD: dom, 14 abr.

Advertisement

Advertisement

Categorias

plugins premium WordPress

You cannot copy content of this page