Destaques News

Pico no tráfego de notícias na noite da eleição

Durante a cobertura da Eleição Presidencial dos EUA, no dia 3 de novembro, o tráfego de streaming de notícias ao vivo atingiu um pico de aproximadamente 18 Tbps, na plataforma Intelligent Edge da Akamai, empresa estadunidense de Internet. Esse número representa cerca de 5 vezes mais do que o tráfego em um dia normal.

O pico na procura por streaming de notícias na eleição deste ano quase dobrou em relação ao tráfego observado na noite da eleição presidencial americana de 2016, que contabilizou na época 7,5 Tbps. O fluxo contabilizado na noite do dia 3 bateu o recorde de maior evento de notícias único que a Akamai apresentou. O tráfego de streaming aumentou gradualmente ao longo da noite e atingiu o pico logo após a meia-noite no horário do leste dos EUA antes de diminuir.

O crescimento vertiginoso do tráfego entre 2016 e 2020 deve-se a uma série de fatores, entre os quais está o intenso interesse nas eleições deste ano. Além disso, mais do que nunca os consumidores estão fazendo streaming de vídeo, uma tendência que ganhou força este ano por conta das medidas de segurança relacionadas à pandemia que estão mantendo as pessoas em casa. 

O Diretor Sênior de Operações Globais de Transmissão na Akamai, Harish Menon, também explicou que agora, um número maior de pessoas estão fazendo streaming de vídeo, e eles estão desfrutando de níveis mais altos de qualidade de imagem em comparação com quatro anos atrás, que é fornecida com maior número de dados (ou taxa de bits).