Todo cuidado é pouco após o banho ou natação. Cuide bem do seu pet!
Pets

Pets também têm dor de ouvido. Todo cuidado é pouco na praia!

Sending
User Review
0 (0 votes)

Agora que já passamos pelo pior do verão da Flórida, nada melhor do que curtir uma praia com seu melhor amigo. Clima agradável, temperatura do mar morna… é a época ideal para levar nossos pets para nadar. A água é uma terapia maravilhosa, tanto para nós quanto para nossos cães — seja na piscina, no lago do condomínio ou nas praias onde eles são permitidos. Mas existe um fator importante, do qual muitos descuidam: o cuidado com os ouvidos dos nossos pets.
O canal auditivo dos cães é mais longo do que os nossos e em forma semelhante à letra “L”, o que requer uma atenção especial por favorecer inflamações (ou otites).
As otites podem ser causadas por vários fatores, como alergias, infecções e parasitas. No verão são causadas pela falta de cuidado apropriado dos ouvidos após o banho ou a natação, com excesso de umidade e acúmulo de material orgânico, favorecidos também pela raça e a anatomia das orelhas. Mas o ano todo pede cuidado.
Vários sinais indicam que seu animal está sofrendo de otite externa: ele pode exalar um odor diferente, apresentar vermelhidão das orelhas, não querer ser tocado na cabecinha, coçar o ouvido afetado com a pata ou esfregar-se no chão e sacudir cabeça e orelhas mais do que o normal. Não ignore esses sintomas, pois a dor é intensa e causa grande desconforto ao seu animalzinho.
Dica: Sempre, antes do banho, proteja os ouvidos do pet com um chumaço de algodão umedecido em óleo suave de criança. E para limpar os ouvidos use algodão e produto apropriado, indicado pelo veterinário. A limpeza periódica dos ouvidos é fundamental e faz parte do bem-estar do seu amiguinho de estimação.
Por Dra. Cecilia Magalhães

Comente

Clique aqui para comentar

Advertisement

Agenda de Eventos Acontece

Taxa de câmbio

Taxas de câmbio USD: sex, 23 fev.

Advertisement

Advertisement

Categorias

You cannot copy content of this page