News

Padrões de comportamento controlador: sinais de alerta

Contabilidade
Sending
User Review
0 (0 votes)

Especialista indica como reconhecer atitudes que se repetem e indicam relações agressivas

A violência doméstica é um problema complexo que se manifesta de diversas formas, incluindo violência física, sexual e psicológica, e que ameaça a saúde e os direitos humanos, especialmente das mulheres. Estudos da Organização Mundial da Saúde (OMS) revelam que uma em cada três mulheres enfrenta violência física e/ou sexual por um parceiro íntimo ao longo da vida. Em contextos globais, até 38% dos assassinatos de mulheres são cometidos por parceiros íntimos masculinos. 

De acordo com Andressa Gnann, advogada expert em Direito de Família para mulheres e sócia fundadora do escritório Gnann e Souza Advogados, mãe, além de empreendedora serial e com projetos voltados para o público feminino, esse cenário negativo impacta a saúde física, mental, sexual e reprodutiva das mulheres, aumentando inclusive o risco de DSTs. “Fatores como baixa escolaridade, histórico de maus-tratos infantis e uso prejudicial de álcool estão associados à propensão de homens em perpetuar violência”, acrescenta.

Mulheres também enfrentam um maior risco de sofrer com o problema quando expostas a padrões de abuso durante a infância e atitudes normalizadoras de agressão. 

“É essencial reconhecer e intervir precocemente diante desses comportamentos abusivos. Há padrões de comportamento controlador que podem ser indicativos de violência doméstica”, explica. A especialista conta que o controle excessivo, o isolamento da vítima de seus círculos sociais, o monitoramento constante e a restrição de liberdades individuais são sinais preocupantes que merecem ser reconhecidos como potenciais indícios de uma situação abusiva.

Ainda segundo Andressa, identificar esses padrões é crucial. “Amigos, familiares e colegas devem estar atentos a sinais de manipulação e controle, encorajando a comunicação aberta e expressando preocupações caso percebam mudanças no comportamento da vítima. Como advogados, é essencial estarmos sensíveis a esses indicadores ao lidar com nossas clientes, oferecendo suporte e orientação adequados”, conclui.

Sobre Andressa Gnann

Andressa Gnann é mãe, advogada, empreendedora serial, com paixão pela instrução e empoderamento feminino. Também é reconhecida por suas habilidades de liderança, ética, resolução de problemas, criatividade e principalmente como estrategista. É sócia fundadora do escritório Gnann e Souza Advogados que é expert em Direito de Família para mulheres e referência nacional, reconhecido como Melhores do Ano em Advocacia e Justiça e com prêmio Quality Justiça e já ajudou a mudar a vida de milhares de famílias. Também é responsável pelo Projeto PAPO DE LEOA, que tem o objetivo de instruir, inspirar e empoderar mulheres para terem uma vida mais equilibrada, próspera e feliz. Para mais informações, acesse o instagram ou pelo site.

Advertisement

Agenda de Eventos Acontece

Taxa de câmbio

Taxas de câmbio USD: dom, 21 jul.

Advertisement

Advertisement

Categorias

You cannot copy content of this page