Geral

O destino da cidade-chave no equilíbrio da guerra continua no leste da Ucrânia

Sending
User Review
0 (0 votes)

Por BERNAT ARMANGUÉ e YURAS KARMANAU

BAKHMUT, Ucrânia (AP) – As forças russas esmagaram uma cidade ucraniana oriental na quinta-feira e os dois lados travaram batalhas de rua que o presidente ucraniano Volodymyr Zelenskyy disse poder determinar o destino da região crítica de Donbas.

Na sequência de uma série de contratempos na guerra com 3 meses de idade, a Rússia fixou o seu objectivo na região industrial de Donbas, nas minas e fábricas de carvão, onde os separatistas apoiados por Moscovo lutam há anos contra as tropas ucranianas e onde já detinham faixas de território antes da invasão.

Mas, tal como noutros lugares, o avanço russo não tem sido tão rápido como se esperava, e a penosa batalha pelo controlo de Sievierodonetsk tem evoluído para combates de rua a rua, o que tem sido relativamente raro no conflito.

“As batalhas ferozes continuam na própria cidade, as batalhas de rua estão a decorrer com sucesso variado em blocos de cidade”, disse o governador de Luhansk Serhiy Haidai à The Associated Press. “O exército da Ucrânia está a lutar por cada rua e casa”.

Sievierodonetsk, que se tornou a capital administrativa da região de Luhansk depois de a original ter sido tomada por separatistas em 2014, é o último bolso da região que a Rússia ainda não reclamou o controlo.

Zelenskyy chamou à cuidadosa luta por Sievierodonetsk o “epicentro” da batalha pelos grandes Donbas, que é constituída por Luhansk e Donetsk.

Os analistas sugeriram que o lento avanço da Rússia no Donbas poderia eventualmente abrir a possibilidade de uma solução negociada para a guerra.

Noutros desenvolvimentos:

  • Haidai disse que as forças russas estão também a visar Lysychansk, a cidade vizinha de Sievierodonetsk, com “bombardeamentos diurnos e nocturnos”, bem como a tentar invadir uma estrada fundamental que conduz de Lysychansk para o sudoeste.
  • A Rússia alegou na quinta-feira que atingiu uma instalação de treino a oeste da capital, longe das linhas da frente. O Ministério da Defesa da Rússia afirmou ter utilizado mísseis lançados a ar contra uma base militar ucraniana na região de Zhytomyr, onde alegadamente estavam a ser treinados mercenários.

Não houve uma resposta imediata das autoridades ucranianas às reivindicações russas. Moscovo tem acusado repetidamente a Ucrânia de utilizar mercenários nos combates.

A seguir, fotos por AP Photo/Oleksandr Ratushniak do lado ucraniano da guerra


Karmanau relatou de Lviv, Ucrânia.

Fonte: AP NEWS


Siga a cobertura da AP sobre a guerra da Ucrânia em https://apnews.com/hub/russia-ukraine

Traduzido com a versão gratuita do tradutor – www.DeepL.com/Translator

Advertisement

Agenda de Eventos Acontece

Taxa de câmbio

Taxas de câmbio USD: qui, 25 jul.

Advertisement

Advertisement

Categorias

You cannot copy content of this page