Foto: Pexels/August de Richelieu
News

Duas dúvidas sobre a Covid-19 que muitos terão neste verão

Sending
User Review
0 (0 votes)

Com a vacinação fluindo rapidamente nos Estados Unidos e a chegada em breve do verão, duas dúvidas provavelmente rondarão o nosso consciente: se poderemos nos deslocar sem máscaras ao ar livre e como fica a situação das famílias no caso de passeios e viagens com os adultos vacinados, mas as crianças ainda não.

Sobre a questão do uso de máscara, vale ressaltar que existem poucos casos documentados de breves interações ao ar livre que levaram à transmissão de Covid. Se você estiver passando por outras pessoas na calçada ou sentado perto delas em um banco de parque, a exposição das partículas exaladas parece ser muito pequena para causar infecção. Isso por que as partículas virais se dispersam rapidamente no ar externo e o risco de inalar o vírus em aerossol de um corredor ou transeunte é insignificante.

Ainda há precauções importantes a serem tomadas, muito mais baseadas na ciência do que no uso de máscaras universais. Pessoas não vacinadas devem usar máscaras quando conversarem com pessoas fora de sua família, mesmo ao ar livre e em ambientes fechados, por segurança e para ajudar a contribuir para uma cultura de uso de máscara. É a coisa certa a fazer quando mais da metade dos americanos ainda não está vacinada.

A segunda questão é sobre quais atividades as crianças não vacinadas podem retomar. No início deste verão, quase todos os adultos dos EUA que desejam ser vacinados terão a oportunidade, mas a maioria das crianças não terá recebido a vacina. (Por enquanto, nenhuma criança com menos de 16 anos é elegível.) Esta combinação criará decisões complexas para muitas famílias sobre se é seguro enviar os filhos para creches, se reunir com amigos e parentes, comer em restaurantes ou viajar de avião.

A Covid é uma doença nova, com efeitos de longo prazo incertos, o que exige cautela. Por outro lado, os riscos para as crianças parecem ser extremamente baixos, o que sugere um movimento em direção à normalidade. Para a maioria das crianças, Covid não apresenta mais risco do que uma temporada normal de gripe, sugerem os dados.

A Covid tem causado danos brutais aos adultos, muito pior do que qualquer temporada de gripe, mas o quadro para as crianças é muito diferente:

Tal como acontece com as máscaras externas, o cuidado extremo tem suas desvantagens. Meses de isolamento adicional não seria bom para as famílias, sugeriram vários estudos. O isolamento torna mais difícil para os pais voltarem ao trabalho e mais difícil para os filhos aprenderem, desenvolverem habilidades sociais e serem felizes.

Entretanto, não há uma resposta única dos especialistas, tanto que alguns dizem que não manterão seus próprios filhos confinados até que sejam vacinados e outros que afirmam que se os filhos forem à escola durante a temporada de gripe, viajarem de carro ou nadarem, provavelmente, estarão expostos a mais riscos do que Covid apresenta a eles.

A verdade é que esse é um momento de entender o outro. Neste estágio da pandemia, pessoas diferentes começarão a tomar decisões diferentes, e muitas dessas decisões serão defensáveis. Antes de criticar um comportamento diferente do seu, talvez valha a pena fazer uma pausa para perguntar se a compaixão é a melhor resposta.

Advertisement

Agenda de Eventos Acontece

Taxa de câmbio

Taxas de câmbio USD: seg, 15 jul.

Advertisement

Advertisement

Categorias

You cannot copy content of this page