Programe-se

‘Como Será?’ visita projeto que ensina grafite a mulheres vítimas de violência

Sending
User Review
0 (0 votes)

No estúdio, a artista visual Panmela Castro conta como começou a Rede Nami. Veruska Donato também conversa com especialista em aposentadoria
As cores e a força da arte de rua usadas como ferramenta de empoderamento feminino. O ‘Como Será?’ apresenta a Rede Nami, que oferece oficinas gratuitas de grafite e de conscientização dos direitos femininos a mulheres vítimas de violência. As participantes também têm aulas sobre as diferenças entre gênero e raça, empreendedorismo, economia criativa e novas tecnologias. O repórter Rogério Coutinho visita uma das oficinas do projeto e conta histórias de algumas das grafiteiras. No estúdio, Veruska Donato – que substitui Sandra Annenberg durante as férias – recebe Panmela Castro, que está por trás da Rede Nami. A artista visual fala sobre o início do projeto e sobre como ela mesma enfrentou e superou a violência doméstica com a arte. Seus desenhos estão espalhados pelo Rio de Janeiro e outras cidades do mundo, como Miami e Oslo.
Na série ‘Por uma cidade + inteligente’, o tema é eficiência energética. A repórter Júlia Bandeira mostra que o papel do município é ser um consumidor eficiente deste recurso e enumera os desafios que as cidades vêm enfrentando quando se fala em iluminação pública. Especialistas apontam as vantagens e desvantagens das lâmpadas existentes no mercado e apresentam um software que pode ajudar os gestores na adoção da tecnologia mais adequada ao seu município. A reportagem também aborda a importância das construções sustentáveis e por que elas devem ser incentivadas pelas prefeituras.
Desde novembro de 2015, novas regras passaram a reger a aposentadoria no Brasil, gerando dúvidas nos contribuintes. Para tratar do tema e responder dúvidas enviadas pelos telespectadores, Veruska recebe no estúdio o especialista em direito previdenciário, Marcel Cordeiro. Ele esclarece o que é fator previdenciário, quais são as diferenças entre previdência privada e social e avalia se as pessoas que já se aposentaram devem pedir algum tipo de revisão de seus benefícios. A repórter Helena Lara Resende também esclarece como funciona a aposentadoria de quem é dono de casa. O professor de Direito Previdenciário, Fábio Zambitte Ibrahim, especialista no tema, explica como eles podem se planejar e contar com o benefício mediante uma contribuição mensal facultativa.
Na Escola Estadual Profissionalizante José de Barcelos, em Fortaleza, os alunos do primeiro ano criaram um robô acionado pela luz. O quadro Grandes Ideias, Pequenas Invenções mostra como ele funciona.

 

Sobre o ‘Como Será?’
‘Como Será?’, parceria do Jornalismo e da área de Responsabilidade Social da Globo com a Fundação Roberto Marinho, tem como objetivo compartilhar com o público experiências transformadoras, exemplos de cidadania e colaborar para a construção de um futuro melhor ao tratar de maneira integrada temas como educação, ecologia, mobilização social, trabalho e inovação. É um espaço para apresentar, conhecer e incluir pessoas e ideias, que conta com a interatividade como grande aliada.
O programa vai ao ar no canal internacional da Globo, sábado, dia 30, nas Américas, dia 31, no Japão e Austrália e, sábado, 6 de fevereiro, na Europa e África.

Advertisement

Agenda de Eventos Acontece

Taxa de câmbio

Taxas de câmbio USD: seg, 15 abr.

Advertisement

Advertisement

Categorias

plugins premium WordPress

You cannot copy content of this page