Business Destaques

Vantagens de trabalhar em coworking

Redução de custos, flexibilidade, alta da performance e networking, são alguns dos benefícios e conveniências de trabalhar em escritórios do tipo coworking

Modelo de negócio que teve início no final da década de 90 e vem crescendo significativamente desde 2005, o coworking é um formato de trabalho que entrega aos empresários – sejam eles de pequeno, médio ou grande porte – diversas conveniências em um só ambiente que vão da flexibilidade contratual, até a possibilidade de ampliar as conexões.

Desde março deste ano, por conta da pandemia do novo coronavírus, muitas empresas foram obrigadas a rever a dinâmica de trabalho de seus colaboradores que do dia para a noite passaram a trabalhar em um formato home office, inicialmente, imaginado como algo temporário e visto como positivo em termos de produtividade. Entretanto, a realidade que se estendeu fez com que muitas organizações percebessem a médio prazo uma queda na performance dos colaboradores – trabalhado em casa, muitas vezes sem condições ideais do que se espera de neste formato – e aliaram a necessidade por rever diversos pontos em seus negócios, adotando o trabalho híbrido nos conhecidos coworkings, para trazer de volta à rotina das empresas a interação entre seus funcionários.

A vantagem se mostra em ter um ambiente funcional com todas as conveniências (desde internet sempre funcionando até o café fresquinho a toda hora), seguro (com todos os protocolos de segurança e assepsia) e que preza por uma só preocupação, o rendimento de trabalho.  “A necessidade de implementar o trabalho em formato hibrido, no qual o funcionário vem ao coworking de 2 a 3 vezes por semana, voltou da ideia de inserir à rotina do colaborador a troca de ideias interpessoal, que o home office não consegue proporcionar. A partir daí, o aumento do rendimento torna-se consequência”, explica Patrícia Coelho, diretora de operações do Club Coworking, empresa de escritórios compartilhados na Avenida Paulista e Faria Lima, em São Paulo.

Diferentes tipos de planos, endereços privilegiados e não ter que se preocupar com questões burocráticas do dia a dia de um escritório, também são mencionadas como vantagens no formato de negócio. “Quando abrimos a empresa até pensamos na possibilidade de ter um escritório próprio, só que ao fazer as contas, percebemos que não era viável. O escritório compartilhado acabou sendo muito mais vantajoso, além de não precisarmos nos preocupar com a burocracia e sim focar em gerar negócios, também temos uma ótima localização e oportunidade de crescimento dentro do Club Coworking”, afirma João Paulo, empresário e cliente do Club Coworking.

Confira as 10 principais vantagens e faça suas contas.

1 – REDUÇÃO DE CUSTOS

Todo empreendedor deseja poder diminuir os gastos em seu negócio. E em tempos de pandemia e fechamento de muitas empresas, a redução de custos se tornou vital para manter os negócios em atividade e garantir a sobrevivência da organização.

Portanto, quando uma empresa opta por migrar para um espaço de escritórios compartilhados, alguns gastos deixam de existir, como água, luz, telefone, impostos, limpeza, internet e entre outros. Isso porque, os coworkings, especialistas em logísticas, ficam responsáveis por tudo. O empresário precisa pagar somente a mensalidade, ou escolher uma forma de contrato que melhor se adeque ao seu negócio, que é significativamente mais barata do que a soma de todos os custos de um escritório convencional.

2 – FLEXIBILIZAÇÃO DE CONTRATOS

“A vantagem além da redução de custos é a flexibilidade. O que as empresas estão mais buscando é a flexibilidade, que principalmente hoje na pandemia muitas organizações se viram amarradas em contratos de espaços convencionais muito inflexíveis, então elas estão buscando o coworking para ter essa flexibilidade de crescer ou diminuir de tamanho ou até cancelar um contrato de escritório quando quiserem. No coworking elas têm essa possibilidade”, afirma Patrícia.

As empresas podem escolher o plano que melhor se encaixa ao seu perfil, além de optar por um pacote diário, semanal, mensal ou semestral, por exemplo.

3 – NETWORKING

O networking é uma chave importante no ramo dos negócios e são em lugares como os coworkings que os profissionais podem encontrar pessoas de diversas áreas para trocar ideias, até mesmo fazer novos negócios e encontrar parceiros para o empreendimento.  

4 – CONVIVÊNCIA COM PRIVACIDADE

A solução para quem busca privacidade no coworking é identificar empresas que contam não só com o “coworking tradicional”, mas também com espaços reservados e salas privativas para uso individual ou em grupo de colaboradores. É o caso do Club Coworking, que possui tratamento acústico com vidro duplo que isolam totalmente o som em todas as salas, garantindo privacidade no dia a dia dos negócios, com espaço reservado e seguro.

5 – SERVIÇOS DIFERENCIADOS

Os escritórios compartilhados oferecem serviços que não podem faltar de forma alguma em um local de trabalho, além de possuírem opções diferenciadas e que tornam o ambiente de trabalho mais sociável e familiar. Costumam ser espaços descontraídos e criativos.

6 – AUMENTO DE PRODUTIVIDADE

Preparar um ambiente de trabalho motivacional não é uma tarefa fácil, mas o coworking oferece estrutura completa, com custo muito acessível, e sem as mesmas distrações que trabalhar em casa oferece. Isso gera mais foco e mais produtividade. A equipe se conecta com outros profissionais e com o tempo vão percebendo que todos ali têm o mesmo objetivo: empreender. Diariamente os funcionários trocam ideias sobre negócios; ferramentas de trabalho; notícias; eventos; entre outros assuntos. O clima é de profissionalismo e isso faz com que os profissionais que começam a utilizar o espaço tenham o mesmo comportamento.

7 – PLANOS FÍSICOS E VIRTUAIS

Algumas empresas de coworking oferecem planos com opções físicas e virtuais, que atendem desde a demanda por um endereço comercial e fiscal, até pacotes com sala exclusiva, salas de reunião, gestão de correspondência, etc. No Club Coworking, seja qual for o plano escolhido, todos os clientes podem utilizar as áreas comuns de qualquer unidade física para trabalhar. 

8 –NÃO PRECISA SER ALGO PERMANENTE

Um dos benefícios do coworking é que não precisa ter um vínculo com o lugar, podendo usá-lo só quando precisar. Desse modo, é possível ter um “escritório” profissional disponível sob demanda. Assim, profissionais que precisam de um espaço para uma reunião com potenciais clientes, estão viajando e precisam trabalhar ou qualquer outra necessidade repentina, pode usar o Coworking para isso.

9 – O CLIENTE E O COWORKING POSSUEM UM ENDEREÇO COMERCIAL

Trabalhando em um espaço de coworking o cliente pode referenciar o espaço de coworking como o seu endereço comercial e assim, seus clientes podem conhecer sua empresa em um ambiente totalmente profissional. O endereço serve justamente para separar as atividades pessoais do negócio, permitindo uma maior organização empresarial. Com o serviço de endereço comercial, é possível fixar uma sede para recepção, atendimento e divulgação da sua empresa.

10 – LOCALIZAÇÃO PRIVILEGIADA

Por terem muitos residentes, uma grande estrutura e contratos mais longos de locação do espaço, os escritórios compartilhados conseguem uma ótima negociação de preço do aluguel em localizações privilegiadas. Assim, o empresário pode ter um escritório no melhor lugar da cidade e pagar bem menos por isso.