Foto: Pexels/GoochiePoochie Grooming
Dra. Paula Ferreira Pets

Pets debaixo da árvore de Natal

Sending
User Review
0 (0 votes)

Dezembro se aproxima e, novamente, o clima festivo está no ar e tudo se transforma. Com a alegria do natal vêm árvores de luzes coloridas, culinária festiva, famílias reunindo-se e a tão esperada troca de presentes.

E a história se repete ano após ano: muitas pessoas acham irresistível a opção de presentear um gatinho ou cachorrinho a algum ente querido. Crianças são quase sempre os recipientes mais entusiasmados desse tipo de presente, mas muitos adultos também sonham em receber um pet como surpresa de natal.

Antes de dar um bichinho de presente, devemos considerar que a adição de um cão ou gato significa um compromisso de muitos anos, e que um ser vivo exige dedicação, treino, paciência, e ainda por cima, responsabilidade financeira.

Em primeiro lugar, o seu presenteado ou presenteada tem que ser uma pessoa que você conhece muito bem: Existe algum impedimento de saúde, como por exemplo, alergia a pelos? Qual o estilo de vida desta pessoa? Se for uma pessoa que viaja com frequência, ter um pet em casa torna-se um problema e uma fonte de ansiedade adicional. Se a jornada de trabalho desta pessoa é muito longa, o pet vai se sentir solitário e negligenciado. Se a família presenteada tem a vida muito ocupada e frenética, será que há espaço para mais uma responsabilidade?

Não se esqueça das despesas. Presentear um animal de estimação sem saber da situação financeira é arriscado. Uma doença inesperada do pet pode colocar a família em uma posição delicada.

Idade também é um fator a ser considerado. Crianças muito pequenas não estão preparadas para manusear um filhote, pois eles tem a estrutura física delicada. Além disso, crianças muitas vezes prometem responsabilizar-se pelo bichinho, mas depois que a novidade passa, o trabalho extra passa para a mãe, pai ou outro adulto que possivelmente já tem a vida bastante atribulada.

Em contraste, pessoas idosas podem não ter a habilidade necessária para cuidar de um animal muito ativo.

Foto: Pexels Karolina Grabowska

Se você ja pensou nisso tudo e concluiu que vai tomar a decisão certa presenteando um pet, escolha bem o tipo de animal que combina mais com o presenteado: cachorro ou gato? Existem, com certeza, outras espécies de pets à venda. Depois de decidir o tipo de animal, escolha a raça e leve em consideração o tamanho adulto do pet. Certifique-se de que a casa ou apartamento onde ele vai morar é adequado.

O nível de atividade requerida pelo bichinho tem que estar de acordo com a aptidão do novo dono. Além disso, animais de pelo longo requerem manutenção em casa e visitas frequentes ao groomer, enquanto os de pelo curto são mais fáceis de se manter.

O Natal é uma linda ocasião para celebrar e presentear. Um animal de estimação pode ser um presente muito bem vindo, mas considere os pros e os contras para assegurar-se de que você escolheu o presente – o e recipiente – certo, e, se este for o caso, você ainda pode se vangloriar de ter contribuído para a existência de uma relação feliz e duradoura.

Comente

Clique aqui para comentar

Advertisement

Agenda de Eventos Acontece

Taxa de câmbio

Taxas de câmbio USD: dom, 10 dez.

Advertisement

Advertisement

Categorias

You cannot copy content of this page