Educação

Os benefícios de um novo idioma para a saúde e vida social dos idosos

Sending
User Review
0 (0 votes)

Jana Schmidt, do Francês com Mademoiselle, lista cinco benefícios que o aprendizado de uma nova língua pode trazer

Nunca é tarde para aprender. E quando falamos de um novo idioma, o aprendizado ainda pode ser extremamente benéfico para a saúde, sobretudo para pessoas idosas, de acordo com novos estudos. Uma pesquisa da revista Neurobiology of Aging, publicada em abril de 2023, sugere que o bilinguismo pode proteger contra a demência e o declínio cognitivo em pessoas mais velhas. 

Dentre as 700 pessoas, com idades entre 59 e 76 anos, que participaram da pesquisa, aquelas que falavam mais de um idioma obtiveram pontuações mais altas em linguagem, memória, foco, atenção e habilidades de tomada de decisão em comparação com os que falavam apenas uma língua.

Jana Schmidt, professora de francês com mais de 200 mil seguidores nas redes sociais – onde apresenta o “Francês com Mademoiselle” – e 4 mil alunos, afirma que com sua experiência dando aulas a muitos alunos idosos, percebeu que o aprendizado de um novo idioma por pessoas idosas pode ter vários impactos positivos, tanto a nível cognitivo quanto emocional e social. 

“É verdade que, em geral, pode ser mais desafiador aprender uma língua nova depois de se tornar mais velho, mas não é impossível. É importante destacar que a capacidade de aprender uma nova língua na idade avançada varia de pessoa para pessoa. Existem muitos exemplos de pessoas mais velhas que têm sucesso em aprender novos idiomas. Além disso, há benefícios cognitivos associados ao aprendizado de idiomas, como o aumento da função cerebral, independentemente da idade”, explica Jana.

No entanto, ensinar uma língua estrangeira para mais velhos, especificamente com mais de 60 anos, requer uma abordagem especializada e sensível às necessidades dessa faixa etária. De acordo com a professora, existem várias razões pelas quais o método de ensino deve ser adaptado para essa população.

“Primeiramente, é importante reconhecer que a aprendizagem de uma nova língua pode ser mais desafiadora à medida que envelhecemos devido a mudanças cognitivas e físicas. É essencial que nós professores sejamos pacientes e compreensivos, permitindo que os alunos avancem a um ritmo confortável”, afirma Jana.

A profissional destaca os cinco benefícios principais que observa em seus alunos mais velhos. São eles:

  • Estimulação Cognitiva: O aprendizado de um novo idioma desafia o cérebro, independentemente da idade. Para os alunos idosos, isso pode ser particularmente benéfico, pois estimula a função cognitiva, melhorando a memória, concentração e habilidades de resolução de problemas.
  • Maior Confiança: À medida que os alunos idosos progridem em seu curso de francês, eles ganham confiança em suas habilidades. Isso não apenas se aplica ao idioma, mas também à autoconfiança em situações sociais e de interação. Eles se tornam mais confortáveis em suas comunicações, o que pode melhorar a qualidade de vida. 
  • Integração Social: O aprendizado de um novo idioma também pode abrir portas para novas conexões sociais. Alunos idosos podem participar de grupos de estudo, aulas de idiomas em grupo e eventos culturais relacionados à língua. Essas interações sociais podem combater a solidão e fornecer um senso de comunidade. 
  • Enriquecimento Cultural: Aprender um novo idioma também é uma porta de entrada para uma compreensão mais profunda da cultura associada a ele. Alunos idosos podem se envolver com a literatura, música, filmes e culinária, o que enriquece sua experiência de vida. 
  • Desenvolvimento de Habilidades de Comunicação: Melhorar as habilidades de comunicação é valioso em todas as idades. Para alunos idosos, isso pode significar uma comunicação mais eficaz com familiares, amigos e profissionais de saúde, o que é fundamental para o seu bem-estar.

Kelly, de 70 anos, é aluna de Jana há um ano e afirma que no começo só queria saber o básico da língua, já que não acreditava que poderia aprender muito mais do que isso. No entanto, a realidade foi completamente outra. “Você se apaixona, não quer parar. Minha vida é outra, fui capaz de aprender mais do que eu imaginaria”, afirma.

“Encontre uma motivação pessoal forte, pratique o idioma regularmente e busque companhia e apoio em lugares que ofereçam isso. Embora seja verdade que aprender uma nova língua pode ser mais desafiador com a idade, a motivação, a abordagem certa e a persistência podem superar esses desafios e permitir que as pessoas idosas desfrutem dos benefícios do aprendizado de um novo idioma”, finaliza Jana.

Sobre Jana Schmidt

Professora de francês, certificada pelo CEFLE como professora de língua estrangeira, em Quebec no Canadá, com especialização em Programação Neurolinguística (PNL) pela Psynapse (École de Psychothérapie), em Lyon, França. Fundadora do projeto Francês com Mademoiselle (FCM), que tem como objetivo compartilhar o ensino do francês com todas as pessoas que desejam realizar o sonho de se tornarem fluentes nesse idioma. Produtora de conteúdos digitais para as redes sociais YouTube, Instagram, Facebook e TikTok, onde se encontra como “Francês com Mademoiselle”.

Advertisement

Agenda de Eventos Acontece

Taxa de câmbio

Taxas de câmbio USD: seg, 15 jul.

Advertisement

Advertisement

Categorias

You cannot copy content of this page